Repositório Digital

A- A A+

Eletrodeposição de óxido de zinco com inibidores de corrosão

.

Eletrodeposição de óxido de zinco com inibidores de corrosão

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Eletrodeposição de óxido de zinco com inibidores de corrosão
Autor Garcia, Bruno Pienis
Orientador Meneguzzi, Alvaro
Data 2014
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia de Materiais.
Assunto Engenharia de materiais
Resumo A deposição de camadas de ZnO nanoestruturadas em metais é comumente utilizada no campo eletrônico e voltaico. Por meio da eletrodeposição, é possível formar nanoestruturas (pilares, cones, flores, etc.), e se criar rugosidades, à escala nanométrica ou submicrométrica. Devido a sua elevada área superficial específica, este tipo de estrutura pode ser benéfica para o controle e aumento da aderência, propiciando que as ligações entre substrato e revestimento possam ser realizadas através de interações químicas e mecânicas. Para aplicações eletrônicas, o tempo de deposição é geralmente mais longo que 1 minuto e para que possa ser considerado como industrialmente viável este processo (por exemplo, chapa de aço plano e indústria de folhas metálicas), este tempo deve ser fortemente reduzido. O principal objetivo do presente trabalho consiste em investigar o processo de deposição de ZnO, de modo a formar camadas de ZnO nanoestruturadas, com boas propriedades de colagem, no periodo de alguns segundos de deposição e tentar melhorar a eficácia anticorrosiva incorporando inibidores, pois o ZnO é muito suscetível a corrosão em atmosferas ácidas e alcalinas tendo como parâmetros dados industriais e revestimentos com semelhante emprego. Dois processos diferentes de deposição foram empregues para a investigação de cada inibidor: 1 STEP e 2 STEPS. Estes dois tipos de deposições foram realizadas para estudar cuidadosamente o comportamento de cada inibidor na superfície do aço inoxidável que foi o material escolhido para a composição deste estudo, uma vez que exibe uma corrosão limitada nas condições utilizadas de deposição e também por formar nanodepósitos bem organizados e com morfologia esperada em sua superfície.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/159238
Arquivos Descrição Formato
000950883.pdf (3.180Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.