Repositório Digital

A- A A+

Desenvolvimento e caracterização de um revestimento biomimétrico superhidrofóbico baseado na planta aquática Salvinia cucullata

.

Desenvolvimento e caracterização de um revestimento biomimétrico superhidrofóbico baseado na planta aquática Salvinia cucullata

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Desenvolvimento e caracterização de um revestimento biomimétrico superhidrofóbico baseado na planta aquática Salvinia cucullata
Autor Araujo, Arianne Oliveira de
Orientador Bergmann, Carlos Perez
Co-orientador Takimi, Antonio Shigueaki
Data 2014
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia de Materiais.
Assunto Engenharia de materiais
Resumo O biomimetismo vem sendo muito utilizado para a evolução da ciência. Atualmente, existem muitos exemplos de estruturas e funções biológicas que têm servido, com sucesso, a outros campos da ciência e seus fins, no que se destaca a descoberta do denominado – e objeto do presente trabalho – Efeito Salvinia. A salvinia consiste numa samambaia aquática, cuja folha contém pelos recobertos com cristais de cera, que os torna hidrofóbicos, sendo que apenas a ponta desses pelos, por não possuírem esses cristais, são hidrofílicas. Por conta disso, a salvinia, quando está dentro d’água, tem a capacidade de reter uma camada de ar sobre sua superfície. Esta capacidade é de extremo interesse na área naval, pois com ela é possível reduzir o arraste hidrodinâmico e, consequentemente, o consumo de combustíveis, podendo até mesmo diminuir os gastos com a manutenção do navio, na medida em que obsta a corrosão, a bioincrustação e até mesmo o congelamento do casco. Através deste trabalho, buscou-se desenvolver uma superfície superhidrofóbica capaz de formar a referida camada de ar. Esse revestimento constitui-se de duas partes: uma base – formada por flocos – que lhe fornece rugosidade, a qual foi aplicada através do método de flocagem, e uma cobertura (hidrofóbica), composta por silano e aplicada via spray. Então, foram caracterizadas as propriedades do revestimento, para verificar sua eficácia na redução da força de atrito hidrodinâmico. Os revestimentos biomiméticos superhidrofóbicos desenvolvidos neste trabalho possibilitaram uma redução na força de atrito hidrodinâmico de até 20%.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/159293
Arquivos Descrição Formato
000950958.pdf (962.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.