Repositório Digital

A- A A+

Adaptação e validação de um questionário de frequência alimentar para crianças de 6 a 10 anos

.

Adaptação e validação de um questionário de frequência alimentar para crianças de 6 a 10 anos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Adaptação e validação de um questionário de frequência alimentar para crianças de 6 a 10 anos
Autor Del Pino, Daisy Lopes
Orientador Friedman, Rogério
Data 2009
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas: Endocrinologia.
Assunto Comportamento alimentar
Criança
Estudos de validação
Questionários
[en] Child
[en] Eating
[en] Methods
[en] Nutrition surveys
Resumo Os estudos sobre os hábitos alimentares valem-se de diferentes instrumentos, conforme o objetivo da pesquisa e a população investigada. Em se tratando da população infantil, há maior variação intrapessoal e limitada capacidade cognitiva para informar o que ingeriram, tornando a avaliação dietética mais difícil. Não há um "melhor método", mas sim um método adequado a uma determinada situação. Tal método necessita de acurácia razoável e custo relativamente baixo, quando a pesquisa envolve muitos indivíduos. Entre as opções, há o registro alimentar, o recordatório alimentar de 24 horas, o questionário de frequência de consumo alimentar e a história alimentar. Em clínica, o inquérito alimentar visa orientar sobre a tomada de decisão sobre o melhor tratamento para manter ou promover a saúde do paciente. O interesse sobre os métodos de medida de ingestão alimentar é cada vez maior, o que permite o crescente conhecimento das vantagens e desvantagens de cada método. Neste artigo são discutidos os diversos instrumentos, suas características, aplicações e limitações.
Abstract Studies on eating habits employ different instruments, depending on the aims of the protocol and the population being investigated. In the case of the pediatrics population, there is greater intra-individual variability, and a more limited cognitive ability to inform what has been ingested. This makes the dietary assessment more difficult. There is no "the best method", but a more adequate approach for each situation. When the research involves many subjects, the method of choice has to show reasonable accuracy, and be relatively inexpensive. Among the options, we find the food record, the 24-hour dietary recall, the food-frequency questionnaire, and the diet history. In the clinic setting, the dietary assessment aims at helping the health professionals to choose the best approach to maintain or promote the patients' health. There is growing interest in the subject. This paper discusses several instruments, their characteristics, applications and limitations.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/15937
Arquivos Descrição Formato
000690957.pdf (447.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.