Repositório Digital

A- A A+

Considerações sobre o ensino de teoria e geografia nas faculdades de arquitetura e urbanismo

.

Considerações sobre o ensino de teoria e geografia nas faculdades de arquitetura e urbanismo

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Considerações sobre o ensino de teoria e geografia nas faculdades de arquitetura e urbanismo
Outro título Considerations on the teaching of theory and geography in the architecture and urbanism faculties
Autor Wanderley Filho, Joel Gusmão Outtes
Resumo O ensaio discute como deve ser o ensino das disciplinas de teoria nas Faculdades de Arquitetura e Urbanismo arguindo e defendendo que para além de ensinar metodologia do projeto arquitetônico e/ou do desenho urbano e/ou do planejamento físico espacial, a teoria deve ser ensinada para entender, explicar e transformar através da ação política o espaço, o bairro, a cidade, a região e o mundo. De propostas de ensino que não correspondiam às ementas se caminhou em direção à introdução de textos realmente teóricos, objetivo das disciplinas, ensinando-se não apenas metodologia do desenho urbano, tema cabível, mas também se avançando em direção à relação dialética entre fatores globais (economia, sociedade, cultura, política, demografia, tecnologia, meio ambiente) e produção do espaço. Isto é abordado no contexto da geografia histórica do capitalismo e de suas crises através dos ciclos de Kondratieff, empoderando o estudante a compreender o processo histórico-geográfico de produção do espaço, cidade e região, assim como a possibilidade de sua transformação através da prática política, em um movimento de constituição da cidadania. O argumento é exemplificado através da experiência de estruturação de duas disciplinas teóricas no curso de Arquitetura e Urbanismo na Universidade Federal do Rio Grande do Sul nos últimos dez anos: Práticas Sociais na Arquitetura e no Urbanismo no segundo semestre e Teorias sobre o Espaço Urbano no quinto semestre letivo.
Abstract The essay discusses how the teaching of theoretical courses in the schools of architecture and planning should be arguing and defending that beyond teaching metodology of architectural design and/or urban design and/or physical spatial planning, theory must be taught to understand, explain and transform space, the district, city, region and the world through political action. From teaching proposals that did not correspond to the syllabus, I opted for the introduction of really theoretical texts, objective of the courses, teaching not only metodology of urban design, but also the dialectical relationship between global factors (economics, society, culture, politics, demographics, technology, environment) and the production of space. This is approached in the contexto of the historical geography of capitalism and its crises through cycles of Kondratieff, empowering the student to understand the historical-geographical proccess of production of space, city and region, as well as the possibility of its transformation through political practice, in a movement of construction of citizenship. The argument is exemplified through the experience of teaching two theoretical courses in the school of architecture of the Universidade Federal do Rio Grande do Sul in the last twelve years: social practices in architecture and planning in the second semester and theories on the urban space in the fifth semester.
Contido em Regista de geografia. Juiz de Fora, MG. Vol. 6, n. 3(2016), p. 225-243
Assunto Arquitetura : Ensino
Arquitetura : Teoria
Desenho urbano
Metodologia
Urbanismo
[en] Metodology
[en] Planning
[en] Teaching
[en] Theories
[en] Urban design
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/159386
Arquivos Descrição Formato
001016148.pdf (337.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.