Repositório Digital

A- A A+

Qualidade de ovos e metabolismo em poedeiras com diferentes idades e fitase na dieta em sistema orgânico

.

Qualidade de ovos e metabolismo em poedeiras com diferentes idades e fitase na dieta em sistema orgânico

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Qualidade de ovos e metabolismo em poedeiras com diferentes idades e fitase na dieta em sistema orgânico
Outro título Organic eggs quality and nutrient metabolism in laying hens with different ages and phytase in diet
Autor Sauceda, Douglas Rodrigues
Orientador Vieira, Maitê de Moraes
Data 2017
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. Programa de Pós-Graduação em Zootecnia.
Assunto Galinha para postura
Nutricao animal
Ovo
Qualidade
[en] Aviculture
[en] Metabolizability
[en] Nutrition
Resumo A preocupação do consumidor com a origem e a qualidade do produto final é vista com maior atenção, preocupação social e ambiental. Levando em conta esta demanda as informações sobre dietas e metabolismo das aves criadas em sistema orgânico são escassas. Sabendo que a idade da ave influencia no desempenho, qualidade dos ovos e no seu metabolismo. O presente estudo teve o objetivo de avaliar o efeito da idade sobre a qualidade de ovos de poedeiras e avaliar o efeito da enzima fitase sobre o metabolismo de nutrientes em sistema de produção de ovos orgânicos. Foram utilizadas poedeiras semi pesadas com diferentes idades (28, 65 e 110 semanas). Também se avaliou a inclusão da enzima fitase em 4 níveis(0,300, 750 e 1300 FTU/Kg) na dieta das aves. A qualidade externa dos ovos foi prejudicada com o avanço da idade das aves. As aves de 28 semanas produziram ovos mais leves que as aves com 65 e 110 semanas. A qualidade da casca diminui com o avançar da idade. Porém a qualidade interna do ovo não foi alterada com a idade das poedeiras. A inclusão de fitase não causou efeito no metabolismo dos nutrientes. A metabolizabilidade foi diferente entre as idades, as aves com 110 semanas apresentaram melhor eficiência, exceto nos minerais. Foi observado que a inclusão de 300FTU/Kg de fitase em aves com 110 semanas, estimulou um maior consumo de MS, Ca, P e N. O melhor balanço de cálcio foi observado nas aves com 28 semanas, que aproveitam 18% e 34% a mais do que as aves com 65 e 110 semanas. No monitoramento de desempenho as aves com 65 semanas tiveram 19% a mais de massa total de ovos. Observou-se que as aves com 28 semanas tem melhor conversão alimentar por dúzia de ovos do que as aves com 65 e 110 semanas. O peso do ovo foi afetado pela idade das aves, sendo maior em aves com 110 semanas. O consumo de forragem não diferiu entre as idades. A idade de postura afeta a qualidade externa de ovos orgânicos. Em sistema de produção orgânica, a metabolizabilidade dos minerais da dieta foi maior em aves jovens em relação às aves mais velhas, porém o aproveitamento de proteína e energia da dieta aumentou com a idade das aves.
Abstract The consumer's concern with the origin and quality of the food is seen with greater attention, social and environmental concern. Taking into account this demand the information on diets and metabolism of birds within the organic system are scarce. It is known that the age of the bird influences the performance, egg quality and metabolism, the present study aimed to evaluate the effect of age on the egg quality of laying hens and to evaluate the effect of the enzyme phytase on the metabolism of nutrients in organic egg production system. Were used laying hens semi heavy with different ages (28, 65 and 110 weeks). The was also evaluated inclusion of the phytase enzyme in 4 inclusion levels (0,300, 750 and 1300 FTU / kg) in the diet of the birds. The external quality of the eggs was impaired with the advancing age of the birds. Birds at 28 weeks had lower egg weight than birds at 65 and 110 weeks. The quality of the bark decreases with the advancing age. However the internal quality of the egg did not change with the age of laying hens. The inclusion of phytase had no effect on nutrient metabolism. The metabolism of nutrients was different between the ages, birds with 110 weeks presented better efficiency, except in minerals. It was observed that the inclusion of 300FTU / kg of phytase in birds with 110 weeks stimulated a higher consumption of DM, Ca, P and N. The best calcium balance was observed in birds at 28 weeks, which used 18% and 34% More than birds at 65 and 110 weeks. In the performance monitoring the birds 65 weeks of age old birds had 19% more total egg mass. Was observed that birds at 28 weeks had better feed conversion per dozen eggs than birds at 65 and 110 weeks. The weight of the egg was affected by the age of the birds, being greater in birds with 110 weeks. Feed intake of forage did not differ between ages. The age of laying affects the external quality of organic eggs. In organic production system, the metabolizability of dietary minerals was higher in young birds compared to older birds, but the protein and energy intake of the diet increased with the age of the birds.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/159516
Arquivos Descrição Formato
001023678.pdf (1.704Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.