Repositório Digital

A- A A+

Espongofauna do peleolago cemitério, Catalão, GO.

.

Espongofauna do peleolago cemitério, Catalão, GO.

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Espongofauna do peleolago cemitério, Catalão, GO.
Autor Machado, Vanessa de Souza
Orientador Iannuzzi, Roberto
Co-orientador Ribeiro, Cecilia Volkmer
Data 2009
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Programa de Pós-Graduação em Geociências.
Assunto Catalão (GO)
Esponjas
Paleozoologia
Sedimentos biosilicosos
[en] Biosiliceous sediments
[en] Cerrado lagoons
[en] Freshwater sponges
[en] Paleointerpretation
Resumo O Afloramento Paleolago Cemitério, localizado na mina de fosfato a céu aberto da "Ultrafértil", município de Catalão, Goiás, possui depósito originado pelo preenchimento de uma depressão na parte central do Complexo Carbonatítico de Catalão I, onde sedimentos lacustres, ricos em espículas de esponjas, assentam discordantemente sobre um domo de rochas magmáticas carbonatíticas do Cretáceo Superior. Foi analisado o conteúdo de espículas de esponjas continentais e da quantidade de frústulas de diatomáceas em rochas de três Seções, 1, 2 e 3, que contemplaram desde a base ao topo desse depósito. É abordada aqui a caracterização de todos os horizontes deposicionais, quanto ao conteúdo biosilicoso, e sua utilização como dado proxi de reconstrução paleoambiental. Para esse fim, frações dessas rochas foram tratadas com métodos usuais utilizados na obtenção de material silicoso. O estudo taxonômico das espículas nessas rochas confirmou a existência de uma comunidade autóctone e lêntica composta de seis espécies de esponjas continentais responsáveis pela gênese dos depósitos de espongilitos: Metania spinata (Carter, 1881), Dosilia pydanieli Volkmer-Ribeiro, 1992, Radiospongilla amazonensis Volkmer-Ribeiro & Maciel, 1983, Trochospongilla variabilis Bonetto & Ezcurra de Drago (1973), Corvomeyenia thumi (Traxler, 1895), Heterorotula fistula Volkmer-Ribeiro & Motta, 1995, no presente caso acrescidas de Corvoheteromeyenia australis (Bonetto & Ezcurra de Drago, 1966), que tem aqui confirmado o seu primeiro registro em comunidade formadora de espongilitos No entanto, registrou-se também uma comunidade de esponjas de ambiente lótico na porção mais basal do depósito, integrada pelas espécies Corvospongilla seckti Bonetto & Ezcurra de Drago, 1966, Oncosclera navicella (Carter, 1881) e Eunapius fragilis (Leidy, 1851), sugerindo uma contribuição de águas com fluxo no início da formação do Paleolago. A comunidade lêntica detectada é considerada indicadora de lagoas típicas de Cerrado, sugerindo a existência desse Bioma, na região central do Brasil, já no final do Pleistoceno. Registra-se nesse Paleolago a ocorrência inédita de diatomitos e espongilitos num mesmo depósito. São propostos dois paleoambientes diferenciados, quando da ocorrência de espongilitos e diatomitos. Os resultados ainda parecem corroborar a hipótese de formação do Paleolago Cemitério a partir do acúmulo de substâncias húmicas, contribuindo para acidificação das águas e instalação de processo cárstico de solapamento do fundo de lagoas.
Abstract The Paleolake Cemetery Outcrop situated at the phosphate mine of the Ultrafértil Mining Company, in the municipality of Catalão, Goiás State, presents a significant deposit of sedimentary rocks originated by the fulfilling of a depression at the central part of the Carbonatitic Complex of Catalão I, where lacustrine sediments, which are rich in spicules of sponges, overlie discordantly a dome of carbonatitic magmatic rocks of the Late Cretaceous age. Freshwater sponges spicules contents were analysed as well as the diatom frustules in sedimentary rocks of three sections, namely 1, 2 and 3, that range from bottom to top of the above-mentioned lake deposit. The characterization of all depositional horizons is addressed here regarding the bio siliceous content and its utilization as a proxy datum for paleoenvironmental reconstruction. In order to accomplish this purpose, fractions of these rocks were treated with usual methods applied for the obtaining of siliceous material. The taxonomic study of spicules in these rocks confirmed the existence of an indigenous and lenthic community composed of six species of continental sponges responsible for the genesis of spongilite beds: Metania spinata (Carter, 1881), Dosilia pydanieli Volkmer-Ribeiro, 1992, Radiospongilla amazonensis Volkmer-Ribeiro & Maciel, 1983, Trochospongilla variabilis Bonetto & Ezcurra de Drago (1973), Corvomeyenia thumi (Traxler, 1895), Heterorotula fistula Volkmer-Ribeiro & Motta, 1995, in the present case added to Corvoheteromeyenia australis (Bonetto & Ezcurra de Drago, 1966), species confirmed herein, for the first time, as an element of a forming-spongilite community However, other community of sponges related to lothic environment has also been registered at the bottom of lake deposit, which is formed by the following species: Corvospongilla seckti Bonetto & Ezcurra de Drago, 1966, Oncosclera navicella (Carter, 1881) and Eunapius fragilis (Leidy, 1851). The last community suggests a contribution of water flow in the beginning of the Paleolake genesis. The lenthic community found is considered to be an indicator of Cerrado-type lagoons suggesting the existence of this biome, in central region of Brazil, in the end of the Pleistocene. In this Paleolake there is also the unprecedented occurrence of diatomites interbedded with spongilites along the same section. Then it is proposed herein the presence of two different paleoenvironments to explain the occurrence of spongilites and diatomites together in this deposit. The results obtained seem to corroborate the hypothesis of formation of the Cemetery Paleolake, from the accumulation of humic substances, contributing to the acidification of the water and the installation of the karstic process for the washout of the lake bottom.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/15953
Arquivos Descrição Formato
000694887.pdf (7.574Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.