Repositório Digital

A- A A+

Masters of narrative suspense : Edgar Allan Poe’s traces in Alfred Hitchcock’s Vertigo

.

Masters of narrative suspense : Edgar Allan Poe’s traces in Alfred Hitchcock’s Vertigo

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Masters of narrative suspense : Edgar Allan Poe’s traces in Alfred Hitchcock’s Vertigo
Autor Vuaden, Filipe Róger
Orientador Indrusiak, Elaine Barros
Data 2016
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de. Curso de Letras: Português e Inglês: Licenciatura.
Assunto Analise narrativa
Análise textual
Audiovisual
Cinema
Hitchcock, Alfred, 1899-1980
Narratologia
Poe, Edgar Allan, 1809-1849
Texto literário
[en] Narrative suspense
[en] Narratology
[en] Vertigo
Abstract The present work aims at analyzing the narrative construction of Alfred Hitchcock’s Vertigo (1958) in comparison with two short stories by American writer Edgar Allan Poe, “Ligeia” (1838) and “The Fall of the House of Usher” (1839). Despite the amount of critical and academic studies that connect the works of these authors through their use of similar themes, this study intends to shed some light on the narrative principles employed in the construction of narrative suspense in these works, based on Ricardo Piglia’s (2011) theory of the double narrative structure of the short story and on Elaine Indrusiak’s (2009) work on the dialogue between the short story and the suspense feature film. That way, the selected works are analyzed both thematically and structurally. On the first level, the use of the double and the concept of the uncanny (unheimlich) are highlighted in these works. On the structural level, on the other hand, the narrative construction of both texts, literary and audiovisual, is mapped through categories of narratological analysis, emphasizing the narrative principles employed in the construction of narrative suspense. Thus, the intertextual dialogue between Poe and Hitchcock is reinforced, indicating that narrative suspense is largely influenced by Poe’s theoretical principles.
Resumo O presente trabalho visa a analisar a construção narrativa de Um Corpo que Cai (1958), de Alfred Hitchcock, em comparação com dois contos do escritor norte-americano Edgar Allan Poe, “Ligeia” (1838) e “A Queda da Casa de Usher” (1839). Apesar da quantidade de trabalhos acadêmicos que conecta os trabalhos desses autores através do uso que eles fazem de temáticas semelhantes, este estudo pretende lançar luz sobre os princípios narrativos empregados na construção do suspense narrativo nestas obras, com base na tese de Ricardo Piglia (2011) sobre a dupla estrutura narrativa do conto literário e nos estudos de Elaine Indrusiak (2009) sobre o diálogo entre o conto literário e o suspense de longa-metragem. Dessa forma, as obras selecionadas são analisadas temática e estruturalmente. Em um primeiro nível, o uso do duplo e do conceito do estranho (unheimlich) é evidenciado nas obras. Em nível estrutural, por outro lado, a construção narrativa de ambos os textos, literário e audiovisual, é mapeada através de categorias de análise narratológica, enfatizando os princípios narrativos empregados na construção do suspense narrativo. Assim, o diálogo intertextual entre Poe e Hitchcock é reforçado, indicando que o suspense narrativo é, em grande parte, influenciado pelos princípios teórico-críticos de Poe.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/159562
Arquivos Descrição Formato
001016053.pdf (962.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.