Repositório Digital

A- A A+

Porto Alegre e 16 anos de PT : impactos sobre a cultura política

.

Porto Alegre e 16 anos de PT : impactos sobre a cultura política

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Porto Alegre e 16 anos de PT : impactos sobre a cultura política
Autor Souza, Bruno Mello
Orientador Baquero Jacome, Cesar Marcello
Data 2008
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Curso de Ciências Sociais: Bacharelado.
Assunto Capital social
Participação política
Partido dos Trabalhadores (Brasil).
Partidos políticos
Porto Alegre (RS)
Prefeitura municipal
[en] Political culture
[en] Politic participation
[en] Social capital
Resumo O presente estudo analisa se a passagem de 16 anos do governo do Partido dos Trabalhadores, cuja administração teve uma orientação mais voltada para a dimensão social, com políticas de incentivo à participação, tais como o Orçamento Participativo, influenciou na produção de capital social na cultura política de Porto Alegre. A premissa é de que, com a base em determinado nível de qualidade de vida, o fomento à participação dos sujeitos propicia maiores níveis de confiança interpessoal e institucional, levando a uma mudança na cultura política de uma localidade. A análise dos dados apresentou, de forma geral, elevação da participação política dos cidadãos de Porto Alegre, que, no entanto, não implicou em aumento dos estoques de capital social na cidade. Além disso, em termos de cultura política, os sujeitos, ao longo do tempo, apresentaram predisposições de crescente rejeição à democracia em uma dimensão meramente formal. Nesse contexto, este trabalho sugere a necessidade de estabelecer uma participação mais substancial dos cidadãos, levando-os a um maior envolvimento na política e a uma idéia de que podem resolver seus problemas por meio de participação e diálogo com as esferas formais de governo.
Abstract This study analyzes if a government that stayed in power for 16 years (Workers Party), with a social orientation, with politics that stimulated political participation, especially through the participatory budget, influenced social capital production in Porto Alegre's political culture. The underlying premisse is that on the base of a certain level of quality of life, promoting citizens participation generates higher levels of interpersonal and institutional trust, producing changes in a political culture. Data analysis showed that as political participation increased in Porto Alegre, it did not imply necessarily in higher levels of social capital. Furthermore in terms of political culture, the citizens, in the long range, showed increasing predispositions of rejecting democracy in the formal or poliarquical dimension. In this context, this study suggest that it is necessary to establish a more substantial citizen participation, beyond the formal aspects, producing a higher involvement in politics, creating the principle that their problems can be resolved by more participation and dialogues with the formal spheres of government.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/16002
Arquivos Descrição Formato
000672447.pdf (243.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.