Repositório Digital

A- A A+

Utilização do ensaio Salmonella/Microssoma em amostras de solo no sul do Brasil : três potenciais áreas de referência

.

Utilização do ensaio Salmonella/Microssoma em amostras de solo no sul do Brasil : três potenciais áreas de referência

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Utilização do ensaio Salmonella/Microssoma em amostras de solo no sul do Brasil : três potenciais áreas de referência
Autor Meyer, Daniel Derrossi
Orientador Hartz, Sandra Maria
Co-orientador Vargas, Vera Maria Ferrao
Data 2008
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Curso de Ciências Biológicas: Ênfase Ambiental: Bacharelado.
Assunto Metais pesados
Mutagenese
Rio Grande do Sul
Salmonella : Microssomo
Resumo O ensaio Salmonella/microssoma tem sido cada vez mais empregado, como biomarcador, para avaliar a qualidade de compartimentos ambientais, sendo importante para o diagnóstico de alterações precoces no DNA. Diversas fontes poluidoras têm produzido e liberado cada vez mais resíduos de produtos tóxicos para o ambiente, dentre eles os metais pesados. No solo, alguns metais, em baixas concentrações, são essenciais para os seres vivos. Contudo, em quantidades excessivas, eles podem causar efeitos mutagênicos, carcinogênicos e/ou teratogênicos para a biota presente. Para avaliar o grau de contaminação, a utilização de áreas de referência se constitui uma importante ferramenta na comparação entre ambientes poluídos e não-poluídos. O presente estudo tem como objetivo buscar áreas de referência para diagnóstico da presença de substâncias mutagênicas de origem inorgânica (metais pesados) em amostras de solo. Duas áreas adjacentes a locais com estudos prévios de contaminação por substâncias mutagênicas foram selecionadas: a mata ciliar do Rio Jacuí à montante de uma usina termelétrica a carvão (SÃO JERÔNIMO) e um campo próximo a um sítio contaminado por preservantes de madeira (TRIUNFO), além de uma terceira área, localizada dentro de uma unidade de conservação, sem um histórico de contaminação (ITAPUÃ, Viamão), no Rio Grande do Sul. Empregou-se o ensaio Salmonella/microssoma, método de microssuspensão, utilizando linhagens que detectam substituição de pares de bases (TA100) e erro no quadro de leitura (TA98 e TA97a) do DNA, em presença e ausência de metabolização hepática de ratos (fração S9). Analisaram-se extratos da fração lixiviada (pH 4,93 ± 0,05), buscando avaliar respostas mutagênicas a partir de metais pesados. A área de TRIUNFO apresentou respostas mutagênicas indiretas para a fração lixiviada e caracterização química similares ao sítio contaminado por preservantes de madeira. No entanto, a prevalência de resultados negativos para SÃO JERÔNIMO e ITAPUÃ sugere a utilização desses dois locais como referência para solos sob suspeita de contaminação por metais pesados, em áreas que apresentem características biogeoquímicas ou ocupacionais similares. Dessa forma, associando a caracterização química com as respostas negativas para mutagenicidade, é possível contribuir na triagem e na definição de valores referenciais de mutagênese e de concentração de metais pesados nos solos no Sul do Brasil.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/16110
Arquivos Descrição Formato
000679774.pdf (114.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.