Repositório Digital

A- A A+

A motivação para o Serviço Público : o caso dos professores da Escola Estadual de Ensino Fundamental Danilo Antônio Zaffari

.

A motivação para o Serviço Público : o caso dos professores da Escola Estadual de Ensino Fundamental Danilo Antônio Zaffari

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A motivação para o Serviço Público : o caso dos professores da Escola Estadual de Ensino Fundamental Danilo Antônio Zaffari
Autor Montini, Gladis Andréia Perini
Orientador Costa, Silvia Generali da
Data 2008
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de Administração: Área Recursos Humanos.
Assunto Motivação
Prazer e sofrimento no trabalho
Recursos humanos
Servidor público
Resumo Este estudo aborda conteúdos sobre a carreira dos servidores públicos e como ela é vista pela sociedade. Aborda também a questão da estabilidade nos dias atuais, além da gestão da educação pública e os motivos de prazer e sofrimento no trabalho docente. Esses conteúdos serviram de base pra responder a questão que motivou esta pesquisa: "Que motivos são apresentados pelos docentes para a sua opção de ingresso e permanência em escola pública estadual em Porto Alegre, apesar das dificuldades enfrentadas nessa profissão? Ou seja, estaria a dita acomodação entre os principais motivos que fundamentam a escolha e permanência desses docentes nessa trajetória profissional?" Para analisar os dados foi usada a metodologia da análise de conteúdo, viabilizada por entrevistas semi-estruturadas, gravadas e transcritas, que deram origem a 74 (setenta e quatro) categorias iniciais, 16 (dezesseis) intermediárias e 5 (cinco) finais. As cinco categorias finais resumem os resultados da pesquisa. Verificou-se que os motivos de ingresso e permanência se repetem tanto para a opção da carreira quanto para a opção do serviço público, com exceção de duas que justificam apenas a permanência na carreira e no serviço público (acomodação e dificuldades no mercado de trabalho). Os motivos mais citados foram a aprendizagem, a vocação e o pacote de benefícios. Os motivos de prazer no trabalho têm como fonte os alunos e os colegas. Já os motivos de sofrimento são em número bem maior e neles também aparecem os alunos e os colegas, além da gestão pública deficiente, da inversão de valores e do sentimento de impotência. Porém, a percepção que os sujeitos da pesquisa têm sobre a importância do seu trabalho é bastante clara e ameniza parte desse sofrimento. Dessa forma pode-se concluir que a acomodação não é o motivo que baseia a opção pelo serviço público, já que este e a carreira docente se confundem. Outra conclusão é acerca dos motivos de sofrimento: estes têm seu ápice na questão da gestão pública deficiente, que se traduz em corrupção, descaso com a educação, precária gestão de pessoas, etc.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/16119
Arquivos Descrição Formato
000686583.pdf (505.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.