Repositório Digital

A- A A+

Sustentabilidade em uma cadeia de biodiesel no Rio Grande do Sul com foco na agroindústria produtora

.

Sustentabilidade em uma cadeia de biodiesel no Rio Grande do Sul com foco na agroindústria produtora

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Sustentabilidade em uma cadeia de biodiesel no Rio Grande do Sul com foco na agroindústria produtora
Autor Neutzling, Daiane Mülling
Orientador Pedrozo, Eugenio Avila
Co-orientador Santos, Tania Steren dos
Data 2009
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Centro de Estudos e Pesquisas em Agronegócios. Programa de Pós-Graduação em Agronegócios.
Assunto Agronegócios
Biodiesel
Cadeia produtiva
Desenvolvimento sustentável
[en] Agroindustry
[en] Biodiesel
[en] Chain of biodiesel
[en] Sustainable development
Resumo A atenção global voltada para as discussões em torno da importância dos biocombustíveis levou o Brasil, que já detém uma vasta experiência na produção de etanol, à criação do Programa Nacional de Produção e Uso do Biodiesel (PNPB), estabelecendo percentuais mínimos de mistura do biodiesel ao diesel e incentivando a organização de uma cadeia produtiva, de modo a contemplar as dimensões econômicas, sociais e ambientais. Desta forma, este estudo teve como objetivo analisar as estratégias e ações organizacionais de uma cadeia produtiva de biodiesel, a partir da agroindústria, no Rio Grande do Sul, avaliando o atendimento às dimensões do Desenvolvimento Sustentável preconizadas pelo PNPB. Para a análise dos objetivos propostos construiu-se um framework a partir dos subsistemas referencial e estrutural do Sistema Integrado Agronegocial (SIAN). Este framework possibilitou uma contextualização da produção do biodiesel, no nível macroambiental, com as discussões mundiais em torno da produção de biocombustíveis e sustentabilidade e, no nível microambiental, foi realizado um estudo de caso em uma agroindústria de biodiesel, analisando as suas estratégias e ações aplicadas a uma cadeia produtiva no Estado. Os principais resultados obtidos apresentam que esta cadeia ainda se encontra em processo de estruturação. Apesar de existirem resultados na produção de culturas como a canola, girassol e mamona destinadas ao biodiesel, estas ainda enfrentam desafios, como a carência de mecanização aplicada aos processos produtivos, além de aspectos culturais presentes nos agricultores familiares que interferem na predisposição a realizar experiências no cultivo. Quanto ao atendimento das dimensões do Desenvolvimento Sustentável nesta cadeia, existem opiniões divergentes entre os especialistas entrevistados, visto que alguns afirmam que as dimensões estão sendo atendidas, ainda que lentamente, destacando a valorização da agricultura no Estado, como fornecedor de matérias-primas para a produção do biodiesel, enquanto outros vêem que os ganhos econômicos por parte dos agricultores são ainda inexpressivos, destacando a necessidade de uma maior integração das agroindústrias com a agricultura familiar buscando parcerias que realmente beneficiem ambos os lados. Em relação a agroindústria estudada, observou-se que esta, buscou internalizar as premissas do PNPB em suas estratégias, quando da organização de agricultores familiares e incentivo no desenvolvimento de culturas alternativas, principalmente a mamona. Todavia, as peculiaridades do Estado, principalmente ligadas a estrutura agrícola, fizeram com que muitas estratégias provenientes de outras regiões de atuação da empresa e igualmente aplicadas aqui, tivessem de ser modificadas ao longo do tempo de atuação. Em relação às ações organizacionais aplicadas aos processos industriais, não se pode afirmar que a agroindústria possui estratégias e ações orientadas para a Gestão Ecocêntrica ou apresente características de uma Organização Sustentável Ecologicamente. Os resultados deste trabalho levam a conclusão de que, nas condições atuais, a atuação da agroindústria estudada não se encontra orientada para uma gestão socioambiental. Esta encontra-se em um processo de aprendizado estratégico e construção para a prática das premissas de Desenvolvimento Sustentável, ao menos na sua plenitude.
Abstract The global attention focused on discussions related to the importance of biofuels has led Brazil, which already has a vast experience in the production of ethanol, to create the National Program for Production and Use of Biodiesel (NPPB), setting minimum percentage of biodiesel blend into diesel as well as encouraging the organization of a production chain in order to address the economic, social and environmental dimensions. Thus, this study aimed to examine the organizational strategies and actions of the agribusiness biodiesel production chain in Rio Grande do Sul in order to evaluate the dimensions of sustainable development advocated by the NPPB. For the analysis of the proposed objectives, a framework was built from both referential and structural subsystems of the Integrated System Agronegocial (SIAN). This framework enabled the contextualisation of the production of biodiesel at a macroenvironmental level with the global discussions around the production of biofuels and its sustainability. At a microenvironmental level, a case study of biodiesel in an agroindustry was conducted, examining their strategies and actions applied to a production chain in the state. The main results show that this chain is still in its structuring process. Although there are results in the production of crops such as canola, sunflower and castor oil for the biodiesel, they still face challenges such as lack of mechanization applied to production processes and cultural aspects among the farmers involved that affect their predisposition to conduct experiments in cultivation. As for addressing the dimensions of sustainable development in this chain, there are divergent views among the experts interviewed, as some claim that the dimensions are being met, albeit slowly, with the recovery of agriculture in the state as supplier of raw materials for production of biodiesel, while others see that the economic gains for farmers are still inexpressive, highlighting the need for greater integration of agriculture with agribusiness family seeking partnerships that truly benefit both sides. For agribusiness studied, it was observed that, we internalize the assumptions of NPPB in their strategies, when the organization of family farmers and encouraging the development of alternative crops, mainly castor. However, the peculiarities of the state, mainly linked to agricultural structure, have made many strategies used in other regions by companies and also applied in the state focus of this research to be modified over time of performance. Concerning organizational actions applied to industrial processes, it cannot be said that agribusiness has strategies and actions geared towards ecocentric management or has characteristics of an Ecologically Sustainable Organization. The results of this study lead to the conclusion that, under current conditions, the role of agribusiness study is not geared to a social management. This is in a process of strategic learning and construction of premises for the practice of Sustainable Development, at least in its fullness.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/16138
Arquivos Descrição Formato
000696705.pdf (4.796Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.