Repositório Digital

A- A A+

Imuno-histoquímica e análise filogenética de pneumocystis sp. e detecção imuno-histoquímica de circovírus suíno tipo 2 em pulmões de javalis (Sus scrofa)

.

Imuno-histoquímica e análise filogenética de pneumocystis sp. e detecção imuno-histoquímica de circovírus suíno tipo 2 em pulmões de javalis (Sus scrofa)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Imuno-histoquímica e análise filogenética de pneumocystis sp. e detecção imuno-histoquímica de circovírus suíno tipo 2 em pulmões de javalis (Sus scrofa)
Autor Borba, Mauro Riegert
Orientador Ferreiro, Laerte
Co-orientador Driemeier, David
Data 2009
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias.
Assunto Imuno-histoquímica
Javali
Pneumocystis sp
[en] Immunohistochemistry
[en] PCV2
[en] Phylogeny
[en] Pneumocystis sp.
[en] Polimerase chain reaction
[en] Wild boars
Resumo Pneumocystis é um importante patógeno oportunista que pode causar um quadro de pneumonia intersticial fatal em animais infectados por alguma doença imunodepressora. Pneumocystis sp. tem sido identificado em suínos domésticos e selvagens coinfectados com o circovírus suíno tipo 2 (PCV2) que desenvolvem a síndrome multissistêmica do definhamento dos suínos (SMDS). O presente trabalho analisou 78 javalis (Sus scrofa) com histórico de SMDS procedentes de 6 diferentes propriedades com sistema de confinamento intensivo no Rio Grande do Sul no período de março de 2006 a junho de 2008. Amostras de tecido pulmonar de seis javalis que não desenvolveram clinicamente a SMDS, assim como, amostras de suínos procedentes de abatedouros dos Estados do Rio Grande do Sul e Mato Grosso foram incluídas nas análises molecular e filogenética do trabalho. O teste de imunohistoquímica (IHQ) para a detecção de Pneumocystis sp. foi positivo em 50% dos pulmões analisados. A IHQ para a detecção de PCV2 foi positiva em 37% dos animais, sendo que o linfonodo mesentérico foi o órgão que apresentou maior grau de marcação positiva. Coinfecção entre Pneumocystis sp. e PCV2 foi confirmada pela IHQ em 20,5% dos javalis. O teste de nested-PCR dos genes mtLSU rRNA e mtSSU rRNA identificou a presença de material genético de Pneumocystis sp. em pulmões de javalis que desenvolveram a SMDS e em pulmões de javalis que não apresentaram clinicamente a doença, sugerindo que somente a presença de Pneumocystis sp. não se caracteriza como causa suficiente para o desenvolvimento de pneumonia intersticial. Identificou-se pela análise filogenética que javalis e suínos no Brasil são afetados pela mesma espécie de Pneumocystis sp. e que esta subdividese em dois grupos distintos.
Abstract Pneumocystis is an important opportunistic pathogen that may cause lethal interstitial pneumonia in infected animals due to some immunosuppressive disease. Pneumocystis sp. has been found in domestic and feral swine co infected with porcine circovirus type 2 (PCV2) that developed the postweaning multisystemic wasting syndrome (PMWS). This study analyzed 78 wild boars (Sus scrofa) with PMWS background from 6 different farms with intensive confinement system in Rio Grande do Sul from March 2006 to June 2008. The lung tissue samples of six wild boars that did not develop PMWS, as well as the swine samples from slaughterhouses in Rio Grande do Sul and Mato Grosso were included in the molecular and phylogenetic analyses of this study. The immunohistochemistry test (IHC) for detection of Pneumocystis sp. was positive in 50% of the analyzed lungs. The IHC for PCV2 detection was positive in 37% of the animals and the mesenteric lymph node was the organ with the highest degree of positive staining. Co infection in Pneumocystis sp. and PCV2 was confirmed by IHC in 20.5% of wild boars. The nested-PCR test of the mtLSU rRNA and mtSSU rRNA genes identified the presence of genetic material of Pneumocystis sp. in lungs of wild boars that developed the PWMS and in wild boars that did not presented clinical disease, which may mean that only the presence of Pneumocystis sp. was not characterized as sufficient cause to interstitial pneumonia development. Through phylogenetic analysis it has been identified that wild boars and swine in Brazil are affected by the same specie of Pneumocystis sp. and its subdivision in two different groups.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/16144
Arquivos Descrição Formato
000697081.pdf (1.260Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.