Repositório Digital

A- A A+

Análise do perfil bioquímico-hematológico em populações de tuco-tucos (ctenomys lami) com e sem impacto antrópico, no Rio Grande do Sul, Brasil.

.

Análise do perfil bioquímico-hematológico em populações de tuco-tucos (ctenomys lami) com e sem impacto antrópico, no Rio Grande do Sul, Brasil.

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Análise do perfil bioquímico-hematológico em populações de tuco-tucos (ctenomys lami) com e sem impacto antrópico, no Rio Grande do Sul, Brasil.
Autor Stein, Gisele Guiomara
Orientador Carissimi, Andre Silva
Co-orientador Freitas, Thales Renato Ochotorena de
Data 2009
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias.
Assunto Bioquimica : Sangue
Roedores
Sangue : Análise química
Resumo As análises hematológicas e bioquímicas são de extrema, auxiliando no diagnóstico de doenças e estados nutricionais dos animais. O perfil hematológico e valores bioquímicos sanguíneos foram determinados em três populações de vida livre de Ctenomys lami (tuco-tuco), de três regiões distintas: Região A (Distrito de Itapuã), Região B (Município de Viamão) e Região C (Município de Viamão, Unidade de Conservação Refúgio de Vida Silvestre Banhado dos Pachecos, distrito de Águas Claras), sendo as áreas A e B, impactadas pela bovinocultura, e área C, sem impacto antrópico, ambas no sul do Brasil. Amostras de 62 animais foram coletadas ao total para as análises hematológicas. Os valores de hematócrito (Ht), hemoglobina (Hb) e eritrócitos apresentaram diferenças significativas entre machos (n=23) e fêmeas (n=39). O Ht e a Hb encontrados na espécie foram mais baixos em comparação com outras espécies de roedores subterrâneos, podendo estes valores estarem relacionados ao habitat de forrageio ou a características do solo. Diferenças significativas também foram detectadas na hemoglobina, CHCM e linfócitos das amostras coletadas de animais das regiões A e B em relação às da C. O valor da média dos hematócritos das amostras dos animais das regiões A e B foram mais elevados, porém diferenças significativas foram detectadas entre as amostras dos animais das regiões A e C. Algumas dessas alterações sugerem a relação dos valores encontrados com a compactação do solo e estresse dos animais em relação a áreas impactadas. Diferenças significativas no VCM foram encontradas nas amostras coletadas dos animais da região A em relação a C, e também nas plaquetas de animais da região A em relação a B. Não foram observados Corpúsculo de Kurloff nos animais analisados. Para análises bioquímicas foram coletados amostras de 45 animais, sendo 15 animais por região, agrupados em três pools. Foram realizadas determinações bioquímicas para as enzimas AST, ALT, GGT e enzima FA. Além desses, também foram avaliados creatinina, potássio, colesterol, triglicerídeos, uréia, albumina, proteínas totais, cálcio e fósforo. Diferenças significativas foram encontradas na atividade enzimática da fosfatase alcalina entre o pool de amostras dos animais da região A em relação a B (P<0,05). Também houve diferença significativa nos valores de colesterol, sendo que o pool de amostras dos animais da região B apresentou significância estatística em relação aos pools das regiões A e C (P<0,05). Dentre os minerais analisados, apenas o potássio teve alteração significativa, sendo esta encontrada entre o pool de amostras dos animais da região A em relação a C (P<0,05). Os valores hematológicos encontrados nesses espécimes de Ctenomys lami fornecem informações importantes sobre a espécie. O uso de pools demonstrou-se eficiente na avaliação bioquímica das populações, evidenciando uma diferença em alguns metabólitos. Os resultados encontrados sugerem possíveis alterações na dieta das populações e também diferença de habitat encontrado, devido ao impacto causado pelo homem. Desta maneira, este estudo poderá fundamentar pesquisas futuras, elucidando melhor as relações existentes entre a fisiologia dos animais e variações no habitat de vida destes.
Abstract Hematological profile and biochemical are very important to diagnosis of sickness and animal nutrition of animals in general. The hematological and biochemichal profile were determined in three populations of Ctenomys lami that inhabits three different areas nominated as A and B, affected by cattle production, and C, without human impact, all of them in south Brazil, under the same geologic formation. Sample of 62 individuals were collected. The packed cell volume (PCV), hemoglobin (Hb) and red blood cell (RBC) count presents statistic significant differences between males and females. PCV and Hb values founded were lower in comparison with other subterranean rodents, which could be related to the food searching behavior or soil characteristic of the species. Significant differences were found to for Hb, mean corpuscular hemoglobin concentration (MCHC) and lymphocytes between A and C areas. The PCV values were more elevated in areas A and B, with significance only between A and C. Some of these alterations may suggest a modification on stress levels of the animals inhabiting areas A and B with anthropic alterations, or maybe just an inherited characteristic. Significant statistic differences were found either in mean corpuscular volume (MCV) between A and C areas, and plateletes between A and B areas. No Kurloff cells (Kurloff bodies) were observed in the blood smear from analyzed individuals. Biochemical parameters were determined from 45 animals, fifteen from each area (A, B and C), grouped in serum pools of five animals (one male and four females) for the analyses. The biochemical parameters analyzed were aspartate aminotransferase (AST), alanine aminotransferase (ALT), gamma glutamyl transferase (GGT), alkaline phosphatase (ALP),creatinine, potassium, cholesterol, triglicerides, urea, albumin, total proteins, calcium and phosphorus. Significant statistic difference was found in ALP activity between areas A and B. Also significant differences were found in cholesterol levels, area B presented higher values when compared to the others, and in potassium levels between areas A and C. The use of serum pools demonstrated to be useful in the biochemical population analyzes, showing differences for some metabolites. The hematological values founded for Ctenomys lami are an important information for this species, which can be used for future research and management. These results suggest possible alterations on the diet and physiology of the populations that inhabits the areas with the presence of exotic grasslands introduced by man. This data will be important in future research, as an additional information about animal health and conditions, aggregating information on the physiological differences, adaptation and habitat variations that are inherent to Ctenomys lami.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/16237
Arquivos Descrição Formato
000699020.pdf (977.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.