Repositório Digital

A- A A+

Aspectos fisiológicos da gestação de mini-pôneis

.

Aspectos fisiológicos da gestação de mini-pôneis

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Aspectos fisiológicos da gestação de mini-pôneis
Outro título Phisiological aspects in pregnancy the mini-horse
Autor Canibal, Maria Carolina Horn Berta
Orientador Mattos, Rodrigo Costa
Data 2008
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias.
Assunto Embriao
Gestação
Mini-pôneis
Reprodução animal
[en] Development
[en] Embryo
[en] Fetus
[en] Mini-horses
[en] Pregnancy
Resumo Este estudo teve como objetivo caracterizar as modificações que ocorrem no ovário e no útero de Mini-pôneis prenhes e descrever o desenvolvimento normal do embrião e do feto nos estágios iniciais da gestação. Durante duas estações de monta foram utilizadas 13 éguas mini-pôneis, clinicamente e reprodutivamente sadias, não lactantes com idade variando de 3 a 16 anos. A partir do sexto dia pós-ovulação os animais foram examinados diariamente até o 60º dia, por um operador, através de palpação e exame ultra-sonográfico trans retal para verificar o dia de aparecimento da vesícula embrionária. Após a detecção do embrião realizou-se um teste de acompanhamento da mobilidade com acompanhamento ultra-sonográfico por duas horas por dia até a ocorrência da fixação. O diâmetro da vesícula embrionária, surgimento do embrião, visualização do cordão umbilical, da alantóide, e batimentos cardíacos foram monitorados. Da mesma forma, verificou-se o tônus uterino, o desenvolvimento dos dois maiores folículos e da área e do diâmetro do corpo lúteo. Conclui-se que a égua Mini-pônei apresenta algumas diferenças importantes nos eventos relacionados à gestação que outros eqüídeos de maior porte. Entre eles a maior demora na detecção da vesícula embrionária, uma curva de crescimento da vesícula embrionária mais lenta após os 25 dias de gestação, um maior índice de fixação da vesícula embrionária no corpo uterino, uma detecção mais tardia dos batimentos cardíacos e da alantóide, uma segunda onda folicular após os 48 dias, provavelmente responsável pela formação dos futuros corpos lúteo acessórios.
Abstract This study had the objective of showing the changes that happen in the ovary and in the uterus of pregnant Mini-horses and describe the normal develoment of the embryo and fetus during the beginning of the pregnancy. During the period of two breeding seasons, 13 Mini-horses used, they were clinically and reproductivwly healthy, no lactants with ages varying between 3 and 16 years old. After the sith day post ovulation the mares were checked every day to verify the appearance of the embryo vesicule. After detection the pregnancy, a mobility test of the embryo with an ultrasound machine was done, during two hours per day until the day of the fixation. The embryo vesicule diameter, appearance of the embryo, observation of the umbilical cord, of the allantoic, and heart beat were checked. The tonus uterine, development of the two biggest folicules and area and corpus luteos diameter were checked, as well. The conclusion is that the Mini-horse mare has some important differences related to the pregnancy comparing to other horses. One of the differences would be a longer period of the time to detection the embryo vesicule, a slower embryo vesicule growing curve after the 25 day pregnancy, a higher index of embryo vesicule fixing in the uterus body, a late detection of the heart beats and allantoic, a second follicular wave after 48 days, that is probably responsible for the development of accessories corpus luteos in the future.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/16292
Arquivos Descrição Formato
000699046.pdf (381.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.