Repositório Digital

A- A A+

Adolescentes grávidas : contribuição à assistência e ao ensino, segundo o relato de suas trajetórias

.

Adolescentes grávidas : contribuição à assistência e ao ensino, segundo o relato de suas trajetórias

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Adolescentes grávidas : contribuição à assistência e ao ensino, segundo o relato de suas trajetórias
Outro título Adolescent pregnant women : contribution to care and teaching, according to the reports of their trajectories
Autor Moraes, Maurício
Ceccim, Ricardo Burg
Resumo O artigo apresenta a análise qualitativa de uma pesquisa realizada com um grupo de puérperas pertencentes a uma coorte de acompanhamento da trajetória de adolescentes grávidas. Os dados foram obtidos por meio de entrevista semiestruturada, cujos roteiros relacionavam três categorias à análise: Ensino médico, Assistência à saúde e Universo adolescente. Um questionário composto de perguntas abertas foi aplicado em entrevista a 136 puérperas captadas de uma coorte de 540 gestantes adolescentes. Para o presente artigo, foram selecionadas as identidades temáticas mais incidentes e com forte significado nas categorias. Os resultados mostraram reconhecimento da qualidade da atenção no pré-natal, mas queixas no atendimento ao parto; atribuição de referências positivas por terem engravidado, mas dificuldades na criação dos filhos; e, mesmo que uma minoria das adolescentes tenha frequentado o número mínimo de 06 consultas de pré-natal, a maioria se empenha com a frequência ao atendimento de puericultura. Foi possível reconhecer que a gravidez na adolescência não está cercada de danos e prejuízos, mas que a assistência e ensino médicos ainda se reportam à gravidez na adolescência como um diagnóstico de problema de saúde, tornando atenção, cuidado e terapêutica temas secundários ao saber e prática médicas.
Abstract The article presents the research qualitative analysis carried out with a puerperal women group part of a follow-up cohort on the trajectory of pregnant adolescents. The data were obtained through a semi-structured interview, whose scripts related three categories to the analysis: Medical education, Health care and Teen universe. A questionnaire composed of openended questions was applied in interviews of 136 puerperal women among a cohort of 540 pregnant teenagers. For this article, it was selected thematic identities with most incident and strong meaning in the categories. The results showed acknowledgment of prenatal care quality, nevertheless complaints regarding childbirth; Ascription of positive references on become pregnant, but difficulties in children raising; And even though a minority of adolescents have frequented the minimum number of six prenatal consultations, most of them are committed to attending childcare. It was possible to acknowledge that teenage pregnancy is not surrounded by damages and losses, but it was understood that medical care and its teaching still relate to teenage pregnancy as a health diagnosis problem, putting attention, care and therapy issues secondarily to medical knowledge and practice.
Contido em Saúde em Redes. Porto Alegre. Vol. 2, n.4 (2016), p. 433-444
Assunto Gravidez na adolescência
Saúde da mulher
Saúde do adolescente
Sistema Único de Saúde
[en] Adolescent health
[en] Education medical
[en] Pregnancy in adolescence
[en] Women's health
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/163208
Arquivos Descrição Formato
001021670.pdf (806.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.