Repositório Digital

A- A A+

Sistema Manchester : tempo empregado na classificação de risco e prioridade para atendimento em uma emergência

.

Sistema Manchester : tempo empregado na classificação de risco e prioridade para atendimento em uma emergência

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Sistema Manchester : tempo empregado na classificação de risco e prioridade para atendimento em uma emergência
Outro título Manchester System : time spent on risk classification and priority of care at an emergency medical service
Outro título Sistema Manchester : tiempo que se gasta en la clasificación de riesgo y la prioridad para atención en una emergencia
Autor Anziliero, Franciele
Dal Soler, Bárbara Elis
Silva, Bárbara Amaral da
Tanccini, Thaíla
Beghetto, Mariur Gomes
Resumo Objetivo: Avaliar o tempo que antecede e o tempo empregado na classificação de risco, na prioridade para atendimento e no destino dos pacientes 24 horas após a admissão em uma Emergência. Métodos: Coorte retrospectiva que incluiu adultos classificados pelo Sistema Manchester de Classificação de Risco na maior Emergência do sul do país em 2012. Os dados foram disponibilizados em forma de planilha eletrônica e analisados de acordo com suas características e distribuição. Resultados: Dos 139.556 atendimentos, metade dos pacientes chegou à classificação no tempo preconizado (7; IQR: 2 – 20 minutos), sendo classificados em dois (IQR: 1 – 3) minutos. As classificações de menor prioridade e as altas hospitalares (88,4%) foram mais frequentes que hospitalizações (11,4%) e óbitos (0,2%). Conclusão: O tempo envolvido em atividades que antecedem o primeiro atendimento médico permaneceu dentro do preconizado. A proporção de classificações de menor prioridade e as altas, 24 horas após a classificação, foram elevadas.
Abstract Objective: To assess the time before and time spent on risk classification, priority of care, and destination of patients within 24 hours after their admission to an emergency medical service. Methods: Retrospective cohort study that included adults classified by the Manchester Triage System at the largest emergency medical service in the south of the country in 2012. The data were made available in the form of an electronic sheet and analyzed according to their characteristics and distribution. Results: Of the 139,556 admissions, half of the patients arrived at classification within the time recommended (7; IQR: 2-20 minutes), and were classified within two (IQR: 1-3) minutes. Lower priority classifications and hospital discharges (88.4%) were more frequent than hospitalizations (11.4%) and deaths (0.2%). Conclusion: The time involved in activities that precede the first medical care remained within the recommendation. The proportion of lower priority classifications and hospital discharges within 24 hours after classification was high.
Resumen Objetivo: Evaluar el tiempo que precede y lo que se gasta en la clasificación de riesgo, la Clasificación de Riesgo y los resultados en las 24 horas de los pacientes atendidos en una emergencia. Métodos: Estudio retrospectivo de cohortes que incluyó adultos clasificados por el Sistema Manchester de Clasificación de Riesgo ingresados en la más grande Emergencia del sur del país en 2012. Los datos fueron en forma de planillas electrónicas y las variables se analizaron de acuerdo con sus características y distribución. Resultados: De las 139.556 atenciones, la mitad de los pacientes llegaron a la calificación de riesgo en el tiempo recomendado (7; IQR: 2-20 minutos) siendo clasificada en dos (IQR: 1-3) minutos. Las calificaciones de riesgo de prioridad más baja y el alta hospitalaria (88,4%) fueron más frecuentes que las hospitalizaciones (11,4%) y muertes (0,2%). Conclusión: El tiempo dedicado en actividades que preceden a la primera atención médica quedó dentro del recomendada. Las calificaciones de riesgo de prioridad más baja y las altas hospitalarias fueron altas
Contido em Revista gaúcha de enfermagem. Porto Alegre. Vol. 37, n.4 (dez. 2016), p. e64753
Assunto Emergências
Gestão em saúde
Serviço hospitalar de enfermagem
Triagem
[en] Emergencies
[en] Health management
[en] Nursing
[en] Nursing service, hospital
[en] Triage
[es] Enfermería
[es] Gestión en salud
[es] Servicio de enfermería en hospital
[es] Tiraje
[es] Urgências médicas
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/163226
Arquivos Descrição Formato
001017179.pdf (143.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.