Repositório Digital

A- A A+

Avaliação em saúde mental : uma análise de políticas nacionais e internacionais

.

Avaliação em saúde mental : uma análise de políticas nacionais e internacionais

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação em saúde mental : uma análise de políticas nacionais e internacionais
Outro título Mental health evaluating : an analysis of national and international policies
Autor Mendes, Maria Fernanda de Méllo
Rocha, Cristianne Maria Famer
Resumo O cuidado em Saúde mental mostra-se como um desafio no Brasil e no mundo, as dificuldades encontradas ultrapassam a qualidade do cuidado clínico, necessitando estratégias que garantam o direito de viver, sem preconceitos, às pessoas portadoras de transtornos mentais. O objetivo desse texto é analisar como a área da Saúde Mental é abordada nas políticas de avaliação brasileiras e internacionais, através dos discursos que se enunciam em documentos normativos nacionais (do Ministério da Saúde) e internacionais (da Organização Mundial da Saúde), lançados até agosto de 2015. Observase que as dificuldades existam, mas estratégias avaliativas têm possibilitado, por exemplo, no Brasil, que as equipes da atenção básica possam “sair da invisibilidade”, além disso, as questões pautadas pelo instrumento de avaliação, utilizado no Brasil, favorece que seus integrantes (re)conheçam a existência desse tema. Nos demais países, a informação tem sido uma das estratégias utilizadas pela OMS para qualificar a Saúde Mental. No entanto, os seus documentos - como o Atlas e o Plano de Ação - ainda não foram amplamente divulgados no Brasil. Em uma tentativa mundial de avaliar os serviços de Saúde Mental, surge o QualityRigths, que se caracteriza como uma avaliação na perspectiva dos direitos humanos.
Abstract Mental Health Care is a challenge in Brazil and in the world, the difficulties encountered go beyond the quality of clinical care, necessitating strategies that guarantee to people who has mental disorders the right to live, without prejudice. The objective of this text is to analyze how the Mental Health area is approached in Brazilian and international evaluation policies, through the discourses that are set out in national (from the Ministry of Health) and international (by World Health Organization), until August 2015. It is observed that the difficulties exist, but evaluation strategies have made it possible, for example, in Brazil, that the primary care teams can "escape from invisibility", in addition, issues guided by the evaluation instrument used in Brazil favors its members (re)know the existence of this subject. In other countries, information has been one of the strategies used by the WHO to qualify Mental Health. However, its documents - such as the Atlas and the Plan of Action - have not yet been widely disseminated in Brazil. In a worldwide attempt to evaluate Mental Health services, QualityRigths arises, which is characterized as a human rights assessment.
Contido em Saúde em Redes. Porto Alegre. Vol. 2, n.4 (2016), p. 352-359
Assunto Avaliação em saúde
Políticas públicas de saúde : Brasil
Saúde mental
[en] Evaluating
[en] Mental health
[en] Public policies
[en] Qualityrigths
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/163234
Arquivos Descrição Formato
001021590.pdf (852.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.