Repositório Digital

A- A A+

Correlação dos potenciais evocados auditivos de estado estável em neonatos ouvintes nascidos a termo e pré-termo

.

Correlação dos potenciais evocados auditivos de estado estável em neonatos ouvintes nascidos a termo e pré-termo

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Correlação dos potenciais evocados auditivos de estado estável em neonatos ouvintes nascidos a termo e pré-termo
Autor Ferreira, Dulce Azevedo
Orientador Sleifer, Pricila
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Faculdade de Odontologia. Curso de Fonoaudiologia.
Assunto Potenciais evocados auditivos
Prematuro
Recém-nascido
[en] Evoked potential hearing
[en] Newborn
[en] Preterm
Resumo Objetivo: Correlacionar os limiares obtidos no potencial evocado auditivo de estado estável em neonatos ouvintes nascidos pré-termo e a termo, utilizando as frequências de 500, 1000, 2000 e 4000 Hz bilateralmente, a fim de se obter comparações entre o grupo pré-termo e a termo. Métodos: Foram avaliados 21 neonatos nascidos pré-termo e 20 nascidos a termo que passaram na triagem auditiva neonatal e apresentaram presença de emissões otoacústicas transientes e emissões otoacústicas por produto de distorção, curvas timpanométricas sem alteração e adequada avaliação otorrinolaringológica. Após, foi realizado avaliação dos potenciais evocados auditivos de estado estável. Os resultados foram analisados sob as variáveis idade gestacional, orelha e gênero. Resultados: Houve correlação estatisticamente significante entre os limiares dos dois grupos nas frequências de 500 Hz (p=0,006 e p=0,022), 1000 Hz (p=0,003 e p=0,008), 2000 Hz (p=0,003 e p=0,017) e 4000 Hz (p=0,007 e p=0,013) na orelha direita e na orelha esquerda respectivamente. Os neonatos nascidos pré-termo apresentaram limiares mais elevados em todas as frequências testadas do que os limiares dos neonatos nascidos a termo. Conclusão: Existe diferença significante entre os neonatos ouvintes nascidos a termo e os neonatos nascidos pré-termo, no qual os limiares destes se encontram mais elevados nas frequências de 500, 1000, 2000 e 4000 Hz. Não houve diferenças significativas entre orelhas e gênero dos neonatos.
Abstract Objectives: This paper correlates the thresholds obtained on the evoked potential hearing in hearing newborns delivered preterm and full term, using the 500, 1000, 2000 and 4000 Hz frequencies bilaterally, to compare the full term and preterm newborn groups. Methods: 21 preterm newborn babies and 20 full term newborn babies who have passed through the newborn hearing triage and presenting transient otoacoustic emissions and otoacoustic emissions produced by distortion, alteration free tympanic metric curves and suitable otolaryngologic evaluation. Later, the evaluation of evoked potential hearing in stable state was conducted. The results were analysed on gestational age, ear and genre. Results: There was a significant statistical correlation between the thresholds of both groups in the 500 Hz frequency ( p=0.006 and p=0,022 ), 100 Hz ( p=0,003 and p= 0.008 ), 2000 Hz (p=0,003 and p=0,017 ) e ( p=0,007 and p=0,013 ) in the right and left ear respectively. The preterm newborns present more elevated thresholds in all the tested frequencies than the thresholds of the full term newborns. Conclusion: There is a significant statistical difference between the full term hearing newborns and the preterm hearing newborns, being the thresholds of the first group higher in the 500, 1000, 2000 and 4000 Hz. There were no significant differences between ears and genre of the newborns.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/163254
Arquivos Descrição Formato
001024496.pdf (640.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.