Repositório Digital

A- A A+

Avaliação hematológica, bioquímica e eletrocardiográfica de cães com diferentes neoplasias tratados com doxorrubicina

.

Avaliação hematológica, bioquímica e eletrocardiográfica de cães com diferentes neoplasias tratados com doxorrubicina

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação hematológica, bioquímica e eletrocardiográfica de cães com diferentes neoplasias tratados com doxorrubicina
Outro título Hematological, biochemical and electrocardiographic abnormalities in dogs with different malignancies treated with doxorubicin
Autor Neuwald, Elisa Barp
Orientador Diaz Gonzalez, Félix Hilário
Data 2009
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias.
Assunto Cirurgia veterinaria
Doxorrubicina
Morfolologia
Neoplasias
Patologia animal
[en] Biochemical alterations
[en] Cardiac troponins
[en] Cardiotoxicity
[en] Chemotherapy
[en] Doxorubicin
[en] Hematological
Resumo O quimioterápico doxorrubicina, pertencente à família das antraciclinas, é um dos agentes antineoplásicos mais utilizados na medicina veterinária, no tratamento de uma variedade de sarcomas e carcinomas. No entanto, o uso da doxorrubicina está associado à presença de toxicidade, envolvendo principalmente anormalidades hematológicas, gastrointestinais e cardiovasculares, podendo induzir uma cardiomiopatia irreversível. O objetivo deste trabalho foi avaliar estas manifestações tóxicas, bem como as alterações hematológicas, bioquímicas e eletrocardiográficas em 25 cães com diferentes neoplasias tratados com doxorrubicina (30 mg/m² a cada 21 dias por três doses). Além disso, buscou-se avaliar as troponinas cardíacas I e T como marcadores cardíacos para a detecção precoce de cardiomiopatia induzida pela quimioterapia. Amostras de sangue foram coletadas antes de cada administração de doxorrubicina, sete dias após (nadir) e um mês depois do término do tratamento. As toxicidades hematológicas e gastrointestinais foram as alterações mais frequentes, ocorrendo em 22 (88%) e 19 (76%) cães, respectivamente. Neutropenia severa ocorreu em 25% dos casos, enquanto que não foram observados casos de trombocitopenia severa. Os sinais mais comumente observados foram vômito, anorexia e diarréia, os quais foram responsáveis, em parte, pelo aparecimento de hipoalbuminemia e reduções nas concentrações séricas de potássio, cálcio e proteína total. Observou-se também aumento nas concentrações séricas de proteína C reativa o que, assim como a diminuição da albumina, deve ser consequência de uma resposta de fase aguda induzida pela administração da doxorrubicina. Sepse foi incomum, ocorrendo em menos de 2% dos casos, e nenhum animal veio a óbito por complicações da quimioterapia. Sinais clínicos de cardiomiopatia não foram observados, porém aumentos nas troponinas cardíacas I e T ocorreram em 18 (72%) e 5 (20%) cães, respectivamente. Todos os cães com altas concentrações de troponina cardíaca T também apresentavam altas concentrações de troponina cardíaca I. Arritmias foram detectadas em 15 (60%) animais, mas não houve correlação com o aumento das troponinas cardíacas séricas e a presença de arritmias. No entanto, os cães que desenvolveram complexos atriais e ventriculares prematuros no eletrocardiograma apresentaram altas concentrações das troponinas. Este estudo demonstrou a ocorrência de alterações hematológicas e gastrointestinais toleráveis em cães recebendo doxorrubicina como único agente quimioterápico. Além disso, as concentrações séricas de troponinas cardíacas I e T podem ser utilizadas na detecção precoce de lesão miocárdica induzida pela doxorrubicina em cães.
Abstract The anthracicline chemotherapic doxorubicin is one of the anticancer agents most used in veterinary medicine to treat a variety of sarcomas and carcinomas. However, doxorubicin is associated with several toxicities, including hematological, gastrointestinal and cardiac abnormalities, and it can induce cardiomyopathy in dogs. The purpose of this study was to evaluate these toxic manifestations, as well as hematological, biochemical and electrocardiographic alterations in 25 dogs with spontaneously occurring malignant tumors treated with doxorubicin (30 mg/m² each 21 days during three doses). Moreover, cardiac troponins I (cTnI) and T (cTnT) were evaluated to determine cardiac-specific markers for predict cardiomyopathy-induced by chemotherapy. Blood samples were collected before each doxorubicin administration, seven days after each dose (nadir) and one month after the end of therapy. Hematological and gastrointestinal toxicities were the most frequent abnormalities observed and occurred in 22 (88%) and 19 (76%) dogs, respectively. Severe neutropenia occurred in 25% of the animals, while severe thrombocytopenia was not observed. Vomiting, anorexia and diarrhea occurred frequently, and were responsible, in part, for the presence of hypoalbuminemia and decreases in potassium, calcium and total protein serum concentrations. Increases in C reactive protein were also observed, wich together with decreases in albumin, may be due to acute phase response induced by doxorubicin. The frequency of sepsis was less than 2% and any animal died because of therapy complications. Signs of cardiomyopathy were not observed, however, increases in serum concentrations of cTnI and cTnT were found in 18 (72%) and 5 (20%) dogs, respectively. All dogs with high cTnT had high cTnI concentrations. Arrhythmias were detected in 15 (60%) animals, and it was not correlated with increases in cardiac troponins. Those dogs that developed atrial and ventricular premature complexes in the electrocardiogram showed increases in cTnI concentrations. In conclusion, doxorubicin used as single agent produced tolerable hematological and gastrointestinal toxicosis. Furthermore, cTnI and cTnT measurement can be used for early detection of myocardial injury caused by doxorubicin chemotherapy in dogs.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/16328
Arquivos Descrição Formato
000702170.pdf (1.295Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.