Repositório Digital

A- A A+

Modelo teórico de cuidado espiritual ao adolescente vivendo com HIV/aids na transição para a vida adulta

.

Modelo teórico de cuidado espiritual ao adolescente vivendo com HIV/aids na transição para a vida adulta

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Modelo teórico de cuidado espiritual ao adolescente vivendo com HIV/aids na transição para a vida adulta
Outro título Theoretical model of spiritual care for the adolescent living with HIV/aids in the transition to adult life
Autor Brum, Crhis Netto de
Orientador Crossetti, Maria da Graça Oliveira
Data 2017
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem.
Assunto AIDS
Espiritualidade : Enfermagem
HIV
Saúde do adolescente
Síndrome da imunodeficiência adquirida : Adolescência
[en] Adolescent
[en] Nursing
[en] Spirituality
[en] Transition
Resumo A infecção pelo Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV) e o adoecimento da Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (aids) tem apresentado mudança no seu perfil epidemiológico, constatada pela juvenização, que se caracteriza pelo aumento da infecção em adolescentes. Como consequência desse aumento tem-se uma geração que vivencia a transição para a vida adulta. Assim proponho como objetivo geral: Construir um modelo teórico de cuidado espiritual ao adolescente vivendo com HIV/aids na transição para a vida adulta com base nas evidencias da literatura cientifica. Método: Pesquisa qualitativa ancorada na Pesquisa Sistemática da Literatura por meio da Metassíntese, subdividida em seis estações: Primeira: Evitando a duplicidade dos estudos. Segunda: Definindo a amostragem inicial. Aqui, foram eleitas quatro subestações: a) Elegendo a pergunta de pesquisa; b) Estabelecendo os Descritores em saúde (DeCS) e/ou Medical Subject Headings (MesH Terms); c) Encontrando o cenário e a melhor estratégia de busca e d) Instituindo os Parâmetros da Pesquisa (Critérios de Inclusão e Exclusão dos documentos). Terceira: Estação das leituras sucessivas e aplicação dos testes de relevância. Composta de quatro subestações: a) Selecionando as produções; b) Avaliando os documentos quanto aos seus vieses; c) Extraindo as informações dos documentos e d) Comparando os resultados. - Quarta: Compilando o Metaresumo. Quinta: Desenvolvendo Metassíntese, para a sua realização, utilizei a Teoria Fundamentada nos Dados. Compreendeu duas subestações: a) Desenvolvendo a Análise taxonômica e b) Realizando as comparações objetivas constantes. Sexta: Construindo o Modelo Teórico de Cuidado. Resultados: Constaram de duas categorias: Adolescendo e enfrentando os desafios impostos pela condição crônica e suas duas subcategorias: Outono: Percebendo que convive com uma doença crônica e Inverno: Questionando a transição de fase em meio aos percalços da adolescência. A outra categoria: Resignificando sua vida frente os matizes do HIV desvelou duas subcategorias: Primavera: Reconduzindo a vida e Verão: Sentindo-se seguro para continuar com sua condição. Considerei a espiritualidade como o fio condutor entre as estações. Assim, exponho como a raiz de uma árvore, que fornece e supre as suas necessidades. E que independente da estação, consegue ampar todas as estruturas. Diante deste cenário, entendo que o adolescente necessita passar pelas quatro estações em seu processo de transição, não apenas clínica, como, as evidências desta pesquisa, em sua maioria recomenda, mas também, precisa ser resignificada a sua dimensão existencial, abarcando desde sua compreensão sobre a sua condição até mesmo como vislumbra suas relações com as pessoas de seu cotidiano. Imersa nesses achados, entendo que o adolescente vai transpondo as estações de sua vida alicerçado na espiritualidade. Este caminho, abstraí do entrelaçamento entre as evidências científicas sobre a transição e da espiritualidade do adolescente que vive com HIV/aids. Considreações finais: o cuidado espiritual é o mediador durante o processo de transição do adolescente para a vida adulta. A equipe de saúde tem um papel relvante no cuidado espiritual do adolescente, mesmo diante das lacunas existentes no cuidado de Enfermagem, no que tange a espiritualidade, reitera-se que o modelo de cuidado apresentado no estudo, aborda a interdisciplinaridade desse processo.
Abstract The infection by the Human Immunodeficiency Virus (HIV) and the illness of the Acquired Immunodeficiency Syndrome (aids) have shown a change in their epidemiological profile, as attested by the juvenization, which is characterized by the increasing number of adolescents affected by this infection. As a consequence of this increase, there is a generation that experiences the transition to adult life. Thus, we propose as a general objective: To build a theoretical model of spiritual care for the adolescent living with HIV/aids in the transition to adult life based on the evidence of the scientific literature. Method: This is a qualitative research anchored in the Systematic Literature Research through Meta-synthesis, subdivided into six stages: First: Preventing duplication of studies. Second: Defining the initial sampling. Here, we choose four sub-stages: a) Choosing the research question; b) Establishing the Health Descriptors (DeCS) and/or Medical Subject Headings (MeSH Terms); c) Finding the scenario and the best search strategy; and d) Setting up the Research Parameters (Inclusion and Exclusion Criteria for documents). Third: Stage of the successive readings and application of the relevance tests. It was composed of four sub-stages: a) Selecting the productions; b) Assessing the documents regarding their biases; c) Extracting the information from the documents; and d) Comparing the results. Fourth: Compiling the Meta-abstract. Fifth: Developing the Meta-synthesis; for its accomplishment, we used the Grounded Theory. It encompassed two sub-stages: a) Developing the Taxonomic Analysis; and b) Performing the constant objective comparisons. Sixth: Building the Theoretical Care Model. Results: They were made up of two categories: Becoming an adolescent and facing the challenges imposed by the chronic condition, and its two subcategories: Autumn: Realizing that it is living with a chronic illness; and Winter: Questioning the phase transition amid the obstacles of adolescence. The other category: Reframing its life before the nuances of HIV, which unveiled two subcategories: Spring: Renewing Life; and Summer: Feeling safe to continue with its condition. We considered spirituality as the common thread among the seasons. Accordingly, we expose it as the root of a tree, which fills and meets its needs; and that, regardless of the season, manages to provide for all structures. In light of this scenario, we understand that the adolescent needs to go through the four seasons in its transition process, not only clinical, as the evidence of this research, in most cases, recommends, but also needs to be reframed in relation to its existential dimension, embracing from the understanding about its condition until the way in which it envisages its relationships with the people that are present in its everyday life. Upon diving into these findings, we understand that the adolescent is transposing the seasons of its life based on spirituality. This pathway was abstracted from the interweaving among the scientific evidence on the transition and the spirituality of the adolescent living with HIV/aids. Final considerations: Spiritual care is the mediator during the transition process of the adolescent to adult life. The health team plays a key role in the spiritual care of the adolescent, even when faced with the gaps existing in nursing care. As for spirituality, we underline that the care model presented in this study addresses the interdisciplinarity of this process.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/163286
Arquivos Descrição Formato
001024439.pdf (2.693Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.