Repositório Digital

A- A A+

Reverberações de uma metodologia dialógica em experimentações com tecnologias digitais de uma escola de educação do campo

.

Reverberações de uma metodologia dialógica em experimentações com tecnologias digitais de uma escola de educação do campo

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Reverberações de uma metodologia dialógica em experimentações com tecnologias digitais de uma escola de educação do campo
Autor Selli, Maribel Susane
Orientador Axt, Margarete
Co-orientador Muller, Daniel Nehme
Data 2017
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Centro de Estudos Interdisciplinares em Novas Tecnologias da Educação. Programa de Pós-Graduação em Informática na Educação.
Assunto Educação do campo
Tecnologia digital
[en] Città
[en] Civitas project
[en] Dialogical methodology
[en] Digital technologies
[en] Rural schools
Resumo Esta tese tem o propósito de compartilhar algumas experimentações com tecnologias digitais, orientadas por uma metodologia dialógica, referenciada no dialogismo bakhtiniano, a partir do Projeto Civitas, vinculado ao Laboratório de Estudos em Linguagem Interação Cognição-Criação – LELIC - da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. O contexto da pesquisa envolve os acontecimentos vivenciados por uma turma de terceiro ano do segundo ciclo, de uma Escola Estadual de Ensino Fundamental, situada na zona rural de um município do Rio Grande do Sul, na Região do Vale do Rio Pardo. O problema que produziu os trajetos que percorremos ao desenvolver esta tese teve origem em nossa intenção de analisar os efeitos que uma metodologia dialógica poderia produzir no processo de (re)significar o ensinar e aprender, aliado ao uso das tecnologias digitais e o Città, no contexto de uma escola de educação do campo. Buscamos no filósofo da linguagem, Mikhail Bakhtin, os entrelaçamentos possíveis, entre a teoria e o campo empírico, tanto nos diálogos realizados entre os protagonistas desta tese – a pesquisadora, a professora e as crianças – em nossas inserções no contexto investigado, quanto na organização da metodologia de pesquisa e formação de professores, seguindo os princípios do Civitas, pela implicação do pesquisador, numa perspectiva ético-estética e responsiva. Como desdobramentos destas experimentações podemos afirmar que, a partir de uma metodologia, que abre espaços, pela problematização do cotidiano, para a invenção e criação na sala de aula e na escola - promovendo o protagonismo de seus diferentes atores e produzindo relações dialógicas, sentidos e autoria, pela escuta e in(ter)venção -é possível (re)significarmos os processos de ensinar e aprender, no uso das tecnologias digitais, verificando seus efeitos nos contextos micro e macro da educação.
Abstract This thesis aims to share some experiments with digital technologies guided by a dialogical methodology, referenced in the Bakhtinian dialogism, from the Civitas Project, associated to the Laboratory of Studies in Language, Interaction and Cognition-Creation - Federal University of Rio Grande do Sul. The research context involves the events experienced by a third year class of the second cycle, of a State School of Elementary Education, located in a rural area of a municipality in the countryside of Rio Grande do Sul, in the region of Vale do Rio Pardo. The problem that led us to the development of this thesis was based on our intention to analyze the effects that a dialogic methodology could produce in the process of (re)signifying teaching and learning, combined with the use of digital technologies, in the context of rural education school. We seek in the language philosopher, Mikhail Bakhtin, the possible interweaves between theory and the empirical field, both in the dialogues between the protagonists of this thesis - the researcher, the teacher and the children - in our insertions in the investigated context, and in the organization of the research methodology and teacher formation, following the principles of Civitas, through the implication of the researcher, in an ethical-aesthetic and responsive perspective. As a result of these experiments, we can affirm that, from a methodology that opens spaces, by the problematization of everyday life, to invention and creation in the classroom and at school - promoting the protagonism of its different actors and producing dialogic relations, meanings and authorship, by listening and in(ter)vention -, it is possible to (re)signify the processes of teaching and learning, in the use of digital technologies, verifying their effects in the micro and macro contexts of education.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/163287
Arquivos Descrição Formato
001024187.pdf (2.312Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.