Repositório Digital

A- A A+

Audição em idosos : estudo sobre presença de perda auditiva e associação com sintomalogia depressiva

.

Audição em idosos : estudo sobre presença de perda auditiva e associação com sintomalogia depressiva

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Audição em idosos : estudo sobre presença de perda auditiva e associação com sintomalogia depressiva
Outro título Hearing in the elderly : a study about the presence of hearing loss and association with depressive symptomatology
Autor Etcheverria, Amanda Kunzler
Orientador Teixeira, Adriane Ribeiro
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Faculdade de Odontologia. Curso de Fonoaudiologia.
Assunto Envelhecimento
Perda auditiva
[en] Aging
[en] Depression
[en] Hearing loss
Resumo Introdução: A diminuição da acuidade auditiva representa uma das principais causas de isolamento social nos idosos, sendo que esta configura-se como a alteração que produz maior impacto na comunicação e na sua vida psicossocial, podendo levar a depressão e a privação das atividades de vida diária. O objetivo deste estudo foi verificar a presença e o grau de perda auditiva e sintomatologia depressiva em um grupo de idosos, bem como analisar a associação entre estas duas variáveis e a influência da faixa etária e do sexo. Material e Métodos: Os indivíduos que aceitaram participar do estudo responderam a um questionário sociodemográfico e à escala de depressão geriátrica (GDS). Após, realizaram a audiometria tonal liminar. Resultados: Foram avaliados 97 idosos, 23 (23,71%) do sexo masculino e 74 (76,29%) do feminino, com idades variando de 61 a 92 anos de idade (média de 72,30). Em ambas as orelhas observou-se um aumento nas médias dos limiares auditivos em função do aumento da frequência avaliada na audiometria e da faixa etária. Verificou-se o predomínio de indivíduos com limiares auditivos normais, perda auditiva leve e perda auditiva moderada. Quanto à sintomatologia depressiva, esta foi observada em 23 idosos. Não foi observada associação entre a presença e o grau de perda auditiva e sintomatologia depressiva. Foram observados valores de significância estatística limítrofes quando analisados o sexo e a presença de perda auditiva (p=0,05). A idade não influenciou na presença de sintomatologia depressiva. Conclusão: A análise dos dados evidenciou que os idosos avaliados apresentaram, em sua maioria, limiares auditivos normais, perda auditiva leve e perda auditiva moderada. Não foi constatada associação significativa na relação entre presença/ausência de perda auditiva e presença/ausência de sintomatologia depressiva, bem como na associação da sintomatologia depressiva com as variáveis grau de perda auditiva e idade.
Abstract Introduction: A hearing acuity decrease is a major cause of social isolation in the elderly, and this is characterized as a change that produces more impact on communication and psychosocial life and can lead to depression and deprivation from daily activities. The objective of this study was to determine the presence and degree of hearing loss and depressive symptomatology in a group of elderly as well as to analyze the association between these two variables and the influence of age range and sex. Material and Methods: Individuals who agreed to participate completed a sociodemographic questionnaire and the Geriatric Depression Scale (GDS). After, they performed a pure tone audiometry. Results: We evaluated 97 elderly, 23 (23.71%) males and 74 (76.29%) females, with ages ranging from 61 to 92 years old (average 72.30). In both ears there was an increase in the average of hearing thresholds due to increasing frequency and age group. There was a predominance of individuals with normal hearing loss, mild hearing loss and moderate hearing loss. As for the depressive symptoms, they were observed in 23 elderly people. No association was observed between the presence and degree of hearing loss and depressive symptoms. Values were of borderline statistical significance when analyzed sex and hearing loss (p = 0.055). Age did not influence the presence of depressive symptoms. Conclusion: The data analysis revealed that the elderly subjects showed, in most cases, normal hearing, mild hearing loss and moderate hearing loss. There was no significant association in the relation between the presence / absence of hearing loss and presence / absence of depressive symptoms, as well as the association of depressive symptoms with varying degrees of hearing loss and age.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/163313
Arquivos Descrição Formato
001024265.pdf (428.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.