Repositório Digital

A- A A+

O trabalhador rural qualificado : fatores de retenção

.

O trabalhador rural qualificado : fatores de retenção

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O trabalhador rural qualificado : fatores de retenção
Autor Arns, Rodolfo
Orientador Waquil, Paulo Dabdab
Data 2016
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Centro de Estudos e Pesquisas em Agronegócios. Programa de Pós-Graduação em Agronegócios.
Assunto Mão-de-obra
Qualificação profissional
Trabalhador rural
[en] Agricultural technicians
[en] Retention factors
[en] Skilled rural labor
[en] Unfamiliar farm
Resumo As propriedades rurais brasileiras evoluíram muito nas últimas décadas, obrigando os agricultores a melhorarem sua gestão. Se em diversas áreas da empresa os proprietários rurais conseguiram desenvolver seu negócio, na gestão de pessoas esses ainda possuem vasto espaço para melhorias. Isso tem causado graves problemas, tais como: dificuldade de retenção de pessoas qualificadas, prejuízos na produção e custo elevado de manutenção de máquinas e equipamentos. Tendo isso em vista, o presente estudo visa a identificar os fatores relevantes para retenção de mão de obra rural qualificada nas empresas agrícolas patronais e que utilizam tecnologias avançadas de modo que essas possam melhorar sua gestão de pessoas. Para atingir o objetivo proposto foram aplicados questionários quantitativos com produtores rurais patronais que possuem tecnologias avançadas e com técnicos agrícolas do Rio Grande do Sul. Enquanto os primeiros expressam a perspectiva dos gestores rurais, os segundos representam o tipo de mão de obra demandado pelas empresas rurais. Constatou-se que, segundo os agricultores, para um funcionário ser bem sucedido e permanecer na empresa ele deve, principalmente, ser honesto, ter comprometimento, ter responsabilidade, buscar conhecimento e ser proativo. Esse sujeito da pesquisa considera também que os técnicos agrícolas são mais aptos para trabalhar no meio rural do que os demais funcionários rurais. A grande maioria dos técnicos agrícolas está mais satisfeita trabalhando no meio rural e prefere trabalhar nesse ambiente, contudo quase metade deles prefere residir no urbano. Verificou-se que os agricultores possuem perspectivas muito diferentes dos técnicos agrícolas quanto a maioria dos fatores que podem ou não reter funcionários rurais, principalmente, ao avaliar sua propriedade, já que os agricultores avaliaram essas de forma mais positiva em quase todos os fatores em relação aos técnicos agrícolas. Os três fatores com maior diferença foram valor de o salário recebido ser condizente com a qualificação de cada funcionário, superiores serem capazes de gerir a empresa e funcionários receberem recompensas por desempenho individual; esses representam fatores os quais foram muito bem avaliados pelos produtores rurais e mal avaliados pelos técnicos agrícolas. Com base nos resultados, os produtores não somente sabem que precisam melhorar sua gestão de pessoas, mas também estão cientes de quais são exatamente os fatores que precisam ser repensados e melhorados para que consigam reter a nova mão de obra que tanto necessitam.
Abstract Brazilian rural properties’ have evolved significantly in recent decades, forcing farmers to improve their management. Landowners have developed its business in many areas but still have a large room for improvement regarding people management. This has caused serious problems, such as difficulty in retaining qualified people, losses in production and high maintenance costs of machinery and equipment. Therefore, the present study aims to identify the relevant factors for retaining skilled rural labor in unfamiliar agricultural business that uses advanced Technologies so they can improve the workforce management. To achieve this purpose, quantitative questionnaires were applied with rural producers that use advanced Technologies and agricultural technicians from Rio Grande do Sul. As the first express the perspective of rural managers, the latter represent the type of labour demanded by rural businesses. It was found that according to the farmers, for an employee to be successful and stay in business, he should mainly be honest, have commitment, take responsibility, seek knowledge and be proactive. They also believe that agricultural technicians are more suitable to work in rural areas than other rural workers. The vast majority of agricultural technicians are more satisfied working in rural areas and prefer to work in that environment, yet almost half of them prefer to live in urban areas. It was also found out that farmers and agricultural technicians have a very different perspective regarding what may or may not retain rural workers, mainly when assessing property, as farmers evaluated these more positively in almost all factors than the agricultural technicians. As an example, the three factors with the greatest difference were if the wage received is consistent with the qualifications of each employee, if the superior is able to manage the company and if employees receive rewards for individual performance; these represent factors which were very well evaluated by farmers and poorly assessed by agricultural technicians. The main conclusion is that after this research producers not only know they need to improve their people management, but are also aware of exactly which factors need to be rethought and improved so that they can hold the workforce they need.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/163330
Arquivos Descrição Formato
001024226.pdf (2.363Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.