Repositório Digital

A- A A+

Exposição ocupacional à vibração de corpo inteiro e repercussões sobre a saúde de pilotos agrícolas

.

Exposição ocupacional à vibração de corpo inteiro e repercussões sobre a saúde de pilotos agrícolas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Exposição ocupacional à vibração de corpo inteiro e repercussões sobre a saúde de pilotos agrícolas
Autor Zanatta, Mateus
Orientador Amaral, Fernando Goncalves
Data 2017
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção.
Assunto Aviação agrícola
Ergonomia
Saúde ocupacional
Sistema musculoesquelético
Vibração
[en] Agricultural aviation
[en] Musculoskeletal disorders
[en] Occupational health
[en] Whole-Body Vibration
Resumo Pilotos agrícolas atuam em condições de trabalho que podem acometê-los de doenças e contribuir para ocorrência de acidentes de trabalho. Nesse contexto, estudos têm direcionado seus esforços para compreender os efeitos de diversos fatores no desempenho do piloto, na saúde e/ou na segurança de voo. Exemplos típicos incluem, principalmente, a exposição aos defensivos agrícolas, seguido da exposição ao ruído ambiental e condições térmicas desfavoráveis, bem como a distribuição das responsabilidades entre os profissionais envolvidos. Outros problemas relacionados ao trabalho de pilotos agrícolas, como a operação em áreas improvisadas e o efeito dessa condição de trabalho na exposição às vibrações não é explorado. Além disso, observa-se que as queixas de dores na coluna são comuns entre os profissionais e, em função das condições de trabalho, é possível que estes tenham um risco aumentado de problemas na coluna vertebral. O objetivo dessa tese é de explorar a exposição dos pilotos agrícolas à Vibração de Corpo Inteiro (VCI) e identificar os efeitos desta na saúde, principalmente, no que diz respeito aos sintomas musculoesqueléticos da coluna vertebral. A metodologia compreendeu três etapas que incluem: uma pesquisa de campo orientada ao entendimento das condições de trabalho dos pilotos agrícolas, principalmente sobre os fatores capazes de influenciar na exposição ocupacional à VCI e na ocorrência de distúrbios musculoesqueléticos; a coleta e análise de dados sobre a exposição ocupacional dos pilotos agrícolas à VCI; e, a coleta e análise de dados sobre os sintomas musculoesqueléticos da coluna vertebral. Como resultados da pesquisa de campo, são apresentados dados sobre a rugosidade da superfície das áreas de pouso, perfil de exposição à VCI e prevalência de sintomas musculoesqueléticos em pilotos agrícolas. Os fatores significativos identificados como na exposição dos pilotos agrícolas à VCI foram o modelo de aeronave usada, as condições de rugosidade superficial das áreas de pouso, bem como as etapas do voo. Com relação à saúde da coluna vertebral dos pilotos, apenas a exposição ocupacional à VCI se apresentou como significativa. Dada a complexidade das relações de trabalho no contexto da aviação agrícola, com o envolvimento de diferentes tipos de trabalhadores, são incluídos três tipos de soluções para prevenir a ocorrência de distúrbios musculoesqueléticos em pilotos agrícolas: a manutenção frequente das áreas de pouso, de responsabilidade dos produtores rurais; a gestão do tempo de exposição diário, de responsabilidade dos gestores operacionais e de segurança operacional; e, alterações no projeto de aeronaves, seja na interface com o piloto, para atenuar a transmissibilidade das vibrações oriundas da aeronave, ou, nos sistemas de amortecimento, capazes de isolar a fonte das vibrações, impedindo sua propagação.
Abstract Agricultural pilots work in conditions that can affect them and contribute to the occurrence of work-related accidents. In this context, earlier studies have focused their efforts on the understanding of the effects of many factors on pilot performance, health and/or flight safety. Typical examples include exposure to pesticides, exposure to environmental noise and unfavorable thermal conditions, as well as the distribution of responsibilities among the professionals involved with the aerial application. Other problems related to the work of agricultural pilots, such as operation on improvised runways and the effect of this working condition on exposure to vibrations is not explored. In addition, it is noted that complaints of pain in the spine are common among professionals and, depending on working conditions, they may have an increased risk of spinal problems. The objective of this thesis is to explore the exposure of agricultural pilots to Whole-Body Vibrations (WBV) and to identify the effects of this on health, especially regarding to musculoskeletal symptoms of the spine. The methodology consisted of three stages: a field research aimed at understanding the working conditions of agricultural pilots, mainly on the factors capable of influencing the occupational exposure to WBV and the occurrence of musculoskeletal disorders; The data collection and analysis about occupational exposure of agricultural pilots to WBV; and, the data collection and analysis about musculoskeletal symptoms of the spine. As results of the field research, data are presented on surface roughness of landing fields, exposure to WBV and prevalence of musculoskeletal symptoms in agricultural pilots. The significant factors identified as in the exposure of the agricultural pilots to the WBV were the aircraft model used, the surface roughness conditions of the landing areas, as well as the flight stages. Regarding the health of the spine of the pilots, only the occupational exposure to the WBV was presented as significant. Given the complexity of labor relations in the context of agricultural aviation with the involvement of different types of workers, three types of solutions are included to prevent the occurrence of musculoskeletal disorders in agricultural pilots: frequent maintenance of landing areas, farmers; The management of the daily exposure time, the responsibility of the operational managers and operational safety; And changes in aircraft design, either at the interface with the pilot, to mitigate the transmissibility of vibrations from the aircraft, or, in damping systems, capable of isolating the source from vibrations, preventing their propagation.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/163447
Arquivos Descrição Formato
001022013.pdf (5.780Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.