Repositório Digital

A- A A+

Identificação de requisitos de desempenho de sistemas de proteção periférica (SPP) em obras de edificações

.

Identificação de requisitos de desempenho de sistemas de proteção periférica (SPP) em obras de edificações

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Identificação de requisitos de desempenho de sistemas de proteção periférica (SPP) em obras de edificações
Outro título Identification of performance requirements for temporary edge protection systems for buildings
Autor Peñaloza, Guillermina Andrea
Orientador Formoso, Carlos Torres
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil.
Assunto Construção civil
Saúde do trabalhador
Segurança do trabalho
Sistema de proteção periférica
[en] Falls from height
[en] Performance requirements
[en] Safety and health at work
[en] Temporary edge protection systems
Resumo Na indústria da construção, as quedas de altura constituem-se em um dos tipos mais frequentes de acidentes graves. Alguns fatores contribuem para essas quedas, entre os quais se destacam a falta de qualificação dos trabalhadores, restrições de leiaute e a falta de barreiras de proteção contra quedas. Embora o uso de sistemas temporários de proteção periférica (SPP) seja uma medida importante para prevenir as quedas de altura em canteiros de obras, a literatura não apresenta um conjunto abrangente de requisitos para esses sistemas. As normas de segurança e saúde no trabalho na construção civil, tanto no Brasil como no exterior, apresentam vários requisitos aos quais os SPP devem atender. Contudo, a maioria destes requisitos são relacionados somente à resistência estrutural e à configuração geométrica, negligenciando a eficiência e flexibilidade dos mesmos, bem como não tratam dos processos de montagem e desmontagem. As limitações nos requisitos considerados em diversas fontes e a falta de métodos para verificar a conformidade dos SPP aos requisitos das normas (e outros requisitos relevantes) criam dificuldades para as partes interessadas, tais como órgãos governamentais de fiscalização, empresas construtoras, e os próprios operários encarregados pela execução dos SPP. O objetivo deste trabalho é propor um conjunto de requisitos de desempenho para sistemas temporários de proteção periférica. Estes requisitos foram identificados a partir de várias fontes de evidencia, tais como regulamentos, observações diretas de operações de montagem e desmontagem dos SPP em obras, análise de projetos de SPP, e entrevistas com especialistas. Deste modo, foi identificado um conjunto de 33 requisitos: 15 relativos à segurança, 12 à eficiência e 6 à flexibilidade. Com base nos referidos requisitos, foram avaliados 9 tipos de SPP, em 26 canteiros de obra. Estes SPP foram agrupados em três categorias de acordo com os materiais constituintes: metálicos, madeira e mistos. As principais contribuições deste estudo referem-se ao desenvolvimento de um conjunto amplo de requisitos, à análise das relações entre estes requisitos, indicando se estes podem reforçar-se mutuamente ou estar em conflito, e a proposição de um protocolo que torna claro as premissas adotadas em cada etapa da avaliação.
Abstract In the construction industry falls from height are one of the most frequent types of serious accidents. There are a number of factors that contribute for such falls, such as the lack of training for workers, layout constraints, and the lack of fall protection barriers. Although the use of temporary edge protection systems (TEPS) is an important measure to prevent falls from height in construction sites, the literature does not present a comprehensive set of requirements for those systems. Safety and health standards in construction, both in Brazil and abroad, have several requirements to which the SPP should meet. However, most of those standards are limited to structural strength and geometric configuration requirements, neglecting efficiency and flexibility, as well as do not address the assembly and disassembly processes. The limitations of requirements considered in several sources, and the lack of methods to verify the conformance of TEPS to the requirements established in standards (and other relevant requirements) create difficulties for stakeholders, such as government supervisory bodies, construction companies, and the workforce involved in the installation of TEPS. The aim of this study is to propose a set of performance requirements for temporary edge protection systems. These requirements have been identified from various sources, such as standards, direct observation od assembly and disassembly operations, analysis of TEPS design, and interviews with specialists. Thus, a set of 33 requirements were identified: 15 related to safety, 12 to efficiency and 6 to flexibility. Based on those requirements 9 TEPS solutions were evaluated in 26 construction sites. Those solutions were divided into three categories according to the materials used: metal, wood and mixed. The main contributions of this investigation refers to the development of a broad set of requirements, the analysis of the relationships between those requirements, indicating that these can either reinforce each other or be in conflict, and the proposal of a protocol that makes it clear the assumptions made at each evaluation stage.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/163465
Arquivos Descrição Formato
001021890.pdf (7.103Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.