Repositório Digital

A- A A+

Correlação dos limiares do PEATE-FE e da audiometria infantil em lactentes com perda auditiva neurossensorial

.

Correlação dos limiares do PEATE-FE e da audiometria infantil em lactentes com perda auditiva neurossensorial

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Correlação dos limiares do PEATE-FE e da audiometria infantil em lactentes com perda auditiva neurossensorial
Autor Sleifer, Pricila
Conrado, Bruna Fiorenzano Herzog
Didoné, Dayane Domeneghini
Pauletti, Luciane Ferreira
Krimberg, Cristina Fernandes Diehl
Resumo Objetivo: Comparar e correlacionar os níveis mínimos de resposta (NMR) da audiometria infantil em campo livre e os limiares do potencial evocado auditivo de tronco encefálico por frequência especifica (PEATE-FE) em 500 e 2000Hz em lactentes com perda auditiva. Metodologia: Estudo transversal, individual e observacional. Foram avaliados 30 lactentes entre dois e seis meses de idade com perda auditiva neurossensorial. Foram realizadas as seguintes avaliações: otorrinolaringológica, emissões otoacústicas, medidas de imitância acústica, audiometria infantil em campo livre e PEATE-FE, nas frequências de 500Hz e 2000Hz. Resultados: Houve correlação entre os limiares obtidos no PEATEFE e na audiometria infantil em campo livre nas frequências de 500Hz e 2000Hz. Os limiares do PEATE-FE podem ser considerados estatisticamente iguais aos NMR da audiometria infantil em campo livre. Não houve diferença estatisticamente significante dos resultados entre orelhas e nas diferentes faixas etárias pesquisadas. Conclusão: Houve correlação significante entre os limiares encontrados no PEATE-FE e os NMR obtidos na audiometria infantil em campo livre em lactentes de dois a seis meses de idade com perda auditiva neurossensorial.
Abstract Purpose: To compare and correlate the minimum response levels obtained in free field audiometry and the thresholds found in the frequency-specific brainstem auditory evoked potential to 500 and 2000Hz in infants hearing loss. Methodology: This research is characterized as a crossectional, individualy, and observational study. 30 infants aged between 2 and 6 months with sensorineural hearing loss were evaluated. The following assessments were conducted: otorhinolaryngological, otoacoustic emissions tests, acoustic impedance, frequency-specific brainstem auditory evoked potentials, free field children audiometry and frequency-specific brainstem auditory evoked potentials at 500Hz and 2000Hz. Results: A correlation was found between the thresholds obtained in frequency-specific ABR and in free field children audiometry at 500Hz and 2000Hz. There was no significant difference in the results between the ears and in different age groups. Conclusion: There was correlation between the thresholds found in frequency-specific ABR and the MRL obtained in free field audiometry in infants from two to six months with sensorineural hearing loss.
Contido em Saúde (Santa Maria). Vol. 43, n. 1 (jan./abr. 2017), 9 f.
Assunto Audiometria
Eletrofisiologia
Lactente
Perda auditiva
[en] Audiometry
[en] Electrophysiology
[en] Evoked potentials auditory
[en] Hearing loss
[en] Infants
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/163469
Arquivos Descrição Formato
001019378.pdf (772.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.