Repositório Digital

A- A A+

O cuidado ao usuário de crack : estratégias e práticas de trabalho no território

.

O cuidado ao usuário de crack : estratégias e práticas de trabalho no território

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O cuidado ao usuário de crack : estratégias e práticas de trabalho no território
Outro título Caring for crack users : strategies and work practices in the territory
Outro título Cuidado al usuario de crack : estrategias y prácticas de trabajo en el territorio
Autor Silva, Aline Basso da
Pinho, Leandro Barbosa de
Olschowsky, Agnes
Siniak, Débora Schlotefeldt
Nunes, Cristiane Kenes
Resumo Objetivo: Conhecer estratégias de cuidado ao usuário de crack no território a partir da realidade de um Centro de Atenção Psicossocial para álcool e outras drogas (CAPS AD). Método: Estudo qualitativo e descritivo. Os dados foram coletados por meio de entrevista, realizada com oito profissionais de um CAPS AD da região metropolitana de Porto Alegre, entre os meses de fevereiro e março de 2013. Para análise dos dados utilizou-se a análise temática. Resultados: Foram apontadas, a partir dos dados analisados, estratégias de cuidado no território como: as equipes itinerantes, as visitas domiciliares, a clínica ampliada e a importância do território de trabalho ser o mesmo da residência do profissional. Conclusão: O cuidado no território mostra-se como uma inovação para o campo da Saúde Mental, visto que permite uma atenção em saúde voltada para o contexto social, cultural e histórico dos usuários.
Abstract Objective: To know the care strategies for crack users in Brazil from the perspective of the Centre of Psychosocial Care for Alcohol and Other Drugs (CAPS AD). Method: This is a qualitative descriptive study. Data were collected by means of interviews conducted with eight professionals of a CAPS AD in the metropolitan region of Porto Alegre, between February and March 2013. Data were subjected to thematic analysis. Results: The analysed data revealed the use of care strategies, such as itinerant teams, home visits, and the extended clinic, and that the work territory should essentially be the home of the professional. Conclusion: Care in the territory is considered an innovation in the field of mental healthcare because it enables care that focuses on social, cultural, and historical context of users.
Resumen Objetivo: Conocer las estrategias de atención al usuario grieta en el territorio de la realidad de un centro de atención psicosocial contra el alcohol y otras drogas (CAPS AD). Método: Se trata de un estudio cualitativo y descriptivo. Los datos fueron obtenidos con entrevistas a ocho profesionales de un CAPS AD de la región metropolitana de Porto Alegre, entre los meses de febrero y marzo de 2013. Para el análisis de los datos se utilizó el análisis temático. Resultados: Sugieren las siguientes estrategias de atención: equipos itinerantes, visitas domiciliarias, la clínica ampliada y la importancia del territorio de trabajo ser el mismo que el de la residencia del profesional. Conclusión: El cuidado en el territorio se presenta como una innovación en el campo de la Salud Mental, ya que permite una atención a la salud centrada en el contexto social y cultural de los usuarios.
Contido em Revista gaúcha de enfermagem. Porto Alegre. Vol. 37, n.esp. (2016), p. e68447
Assunto Políticas públicas de saúde
Reforma dos serviços de saúde
Saúde mental
Usuários de drogas
[en] Drug users
[en] Healthcare reform
[en] Mental health
[en] Nursing
[en] Public policies
[es] Consumidores de drogas
[es] Enfermería
[es] Políticas públicas
[es] Reforma de la atención en salud
[es] Salud mental
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/163514
Arquivos Descrição Formato
001019100.pdf (141.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.