Repositório Digital

A- A A+

Influência de fatores e hábitos pessoais na percepção do zumbido

.

Influência de fatores e hábitos pessoais na percepção do zumbido

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Influência de fatores e hábitos pessoais na percepção do zumbido
Outro título Influence of factors and personal habits on the tinnitus perception
Autor Teixeira, Adriane Ribeiro
Lessa, Alexandre Hundertmarck
Rosito, Leticia Petersen Schmidt
Neves, Camila Zander
Bueno, Claudine Devicari
Picinini, Taís de Azevedo
Dall'Igna, Celso
Resumo Objetivo: investigar a localização e verificar a influência de fatores e hábitos na percepção do zumbido em pacientes com tal sintoma. Métodos: fizeram parte da amostra 740 indivíduos com queixa de zumbido, atendidos em ambulatório especializado de hospital universitário. Todos relataram a localização do zumbido em resposta a questionário, contendo também informações sobre fatores e hábitos causadores de melhora ou piora na percepção do zumbido. Os dados foram analisados estatisticamente. Resultados: o predomínio da localização foi em ambas as orelhas. A maior parte dos fatores investigados não modifica a percepção do zumbido para os pesquisados. Dentre os fatores que puderam ser relacionados à piora da percepção estão, principalmente, o silêncio e o período da noite, seguidos pela ansiedade. Por outro lado, ruído foi o fator mais referido como causador de diminuição da percepção do zumbido. Não foi verificada influência de idade e gênero. Conclusão: mais da metade dos sujeitos apresentaram queixa de zumbido bilateral e a maior parte das situações pesquisadas não provocam mudança na percepção do zumbido na população estudada. Destaca-se, contudo, que a presença de ruído ambiental auxilia na diminuição da sensação de incômodo ao zumbido, enquanto o silêncio, período da noite e a ansiedade contribuem para acentuá-la.
Abstract Purpose: to investigate the location and to verify the influence of factors and personal habits in the tinnitus perception in patients with the symptom. Methods: 740 individuals with tinnitus, from an outpatient clinic of a university hospital were investigated. All of them reported the location in response to a questionnaire, also containing information about some factors and daily habits that causes improvement or worsening of tinnitus. The data were statistically analyzed. Results: The predominant location was in both ears. Most of the investigated factors does not change the perception of tinnitus for researched subjects. The silence, the nighttime and the anxiety were the factors that might be related to worsening of tinnitus perception. Moreover, the noise was referred as a factor that causes decrease of tinnitus perception. There was no influence of age and gender. Conclusion: more than half of the subjects had bilateral tinnitus and that most situations surveyed do not cause change in the tinnitus perception to the studied people. It is noteworthy, however, that the presence of ambient noise helps to reduce the feeling of tinnitus annoyance, as well as the silence, the period of night and the anxiety contribute to accentuate it.
Contido em Revista CEFAC. São Paulo. Vol 18, n. 6 (nov./dez. 2016), p. 1310-1315.
Assunto Fonoaudiologia
Propriocepção
Zumbido
[en] Patient care
[en] Proprioception
[en] Surveys and questionnaires
[en] Tinnitus
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/163623
Arquivos Descrição Formato
001020294.pdf (295.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.