Repositório Digital

A- A A+

Pequenas e grandes saúdes : uma leitura nietzschiana

.

Pequenas e grandes saúdes : uma leitura nietzschiana

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Pequenas e grandes saúdes : uma leitura nietzschiana
Outro título Minor and major health : a Nietzschean reading
Autor Biato, Emília Carvalho Leitão
Costa, Luciano Bedin da
Monteiro, Silas Borges
Resumo Este artigo objetiva problematizar o conceito de saúde, entendendo-o como múltiplo, plural. Para isso, adota o pensamento filosófico de Friedrich Nietzsche como ferramenta analítica, permitindo-nos chegar a uma tipologia que envolve pequenas e grandes saúdes. Enquanto a primeira é normativa e sustentada por um ideal de cura, a segunda passa a ser compreendida enquanto força expansiva, como um estado a que continuamente se conquista. Se, por um lado, uma saúde apequenada obedece a um script prévio de moralização da vida, uma grande saúde diz respeito à expansão daquilo que vive, que afirma seu caráter criador e não instituído pelo rebanho. A concepção de uma grande saúde vai ao encontro da superação dos modelos imperativos que se fixam nas práticas fundadas na biomedicina, aproximando-se das ações coletivas em saúde. No entanto, se por um lado esse movimento amplia o caráter coparticipativo entre equipe e usuários do sistema de saúde, ele carece, de outro, de maior radicalidade no que tange aos rompimentos com o caráter moral dos processos de saúde-doença. Ao não permitir a recusa de altos e baixos próprios à vida, uma grande saúde compreende como necessária a incorporação da dor e do sofrimento implicados em movimentos de individuação.
Abstract This paper aims to discuss the concept of health, understood as multiple and plural. We use Friedrich Nietzsche’s philosophical thought as an analytical tool, allowing us to reach a typology involving minor and major health. While the first is normative and sustained by an ideal of healing, the second is an expanding strength, a condition constantly achieved. If minor health follows a preset life moralization script, major health relates to the expanded living being, which affirms its creative nature and transcends established rules. The notion of major health embraces the overcoming of imperative models rooted in biomedicine-based practices and approaches to health collective actions. Nevertheless, on the one hand, if this movement extends the co-participatory nature between staff and users of the health system, on the other hand, it lacks more radical actions to break with the moral nature of health-disease processes. Not refusing life’s own vicissitudes, major health understands the need to incorporate pain and suffering involved in individuation movements.
Contido em Ciência & saúde coletiva. Rio de Janeiro. Vol. 22, n.3 (2017).
Assunto Estilo de vida
Filosofia
Moral
[en] Lifestyle
[en] Morale
[en] Philosophy
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/163629
Arquivos Descrição Formato
001020189.pdf (195.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.