Repositório Digital

A- A A+

Prevalência da depressão maior nos pacientes em hemodiálise crônica

.

Prevalência da depressão maior nos pacientes em hemodiálise crônica

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Prevalência da depressão maior nos pacientes em hemodiálise crônica
Outro título Prevalence of major depression in patients on chronic hemodialysis
Autor Duarte, Anne Paola Gallas
Mattevi, Betina S.
Berlim, Marcelo Turkienicz
Morsch, Cássia Maria Frediani
Thomé, Fernando Saldanha
Barros, Elvino José Guardão
Fleck, Marcelo Pio de Almeida
Resumo OBJETIVOS: A depressão é uma condição prevalente e apresenta um impacto importante na evolução de pacientes com insuficiência renal crônica em estágio terminal. O presente estudo tem como objetivo primário estabelecer a prevalência de depressão maior nos pacientes em hemodiálise do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA). Como objetivos secundários estão verificar a prevalência de alguns outros transtornos que compõem o chamado "espectro depressivo" e caracterizar os grupos de pacientes encontrados. PACIENTES E MÉTODOS: Os dados foram coletados através de entrevista única com os pacientes e consulta ao prontuário. RESULTADOS: De um total de 41 pacientes avaliados, 22 (53,66%) não preenchiam critérios para quaisquer dos transtornos pesquisados, 10 (24,39%) receberam diagnóstico de depressão maior de acordo com o instrumento utilizado, o PRIME-MD, 5 (12,19%) apresentavam remissão parcial de transtorno depressivo maior, 4 (9,76%) apresentavam transtorno depressivo menor e 5 (12,19%) apresentavam distimia (essa última ocorrendo em todos os casos concomitante com depressão maior). Considerando o "espectro depressivo", têm-se 19 pacientes (46,34%) nesse grupo. CONCLUSÃO: Assim como na literatura, também em nosso meio constatamos a relevante associação entre depressão e insuficiência renal crônica em estágio terminal nos pacientes em hemodiálise e depressão. A equipe de saúde deve estar alerta para essa situação e preparada para um manejo que propicie a melhor qualidade de vida possível para esses pacientes.
Abstract OBJECTIVES: Depression is a prevalent condition and has an important impact on the outcome of patients with end-stage renal failure. Our main objective is to determine the prevalence of major depression in patients on hemodialysis at the Hospital de Clínicas de Porto Alegre. It is also our objective to verify the prevalence of other conditions included in a range of depressive disorders and to describe our population. MATERIALS AND METHODS: Data were collected through a single interview with patients and through review of medical records. RESULTS: Forty-one patients were investigated, out of which 22 (53.66%) did not fulfill any of the criteria for depression; 10 (24.39%) had major depression (PRIME-MD); 5 (12.19%) had partial remission of major depressive disorder; 4 (9.76%) had minor depressive disorder; and 5 (12.19%) had dysthymia and concomitant major depression. Consequently, 19 (46.34%) patients presented at least one of the depressive disorders included in this study. CONCLUSION: Our study is in agreement with the literature in that our population indicated a relevant association of end-stage renal disease with depression in patients on hemodialysis. Healthcare professionals should be aware of this situation and be prepared to operate towards providing a better quality of life for these patients.
Contido em Revista HCPA. Porto Alegre. Vol. 20, n. 3 (nov. 2000), 240-246
Assunto Depressão
Diálise renal
Insuficiência renal
[en] Chronic renal failure
[en] Depression
[en] Hemodialysis
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/164032
Arquivos Descrição Formato
000342772.pdf (32.24Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.