Repositório Digital

A- A A+

Comparação de três métodos para medida das curvas de complacência em pacientes com insuficiência respiratória

.

Comparação de três métodos para medida das curvas de complacência em pacientes com insuficiência respiratória

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Comparação de três métodos para medida das curvas de complacência em pacientes com insuficiência respiratória
Outro título Comparison of three methods for measuring pressure-volume curves in patients with acute respiratory failure
Autor Lu, Qin
Vieira, Silvia Regina Rios
Richecoeur, Jack
Puybasset, Louis
Kalfon, Pierre
Coriat, Pierre
Rouby, Jean-Jacques
Resumo OBJETIVO: As medidas da complacência respiratória, a partir das curvas pressãovolume, são indicadas para avaliar a gravidade da insuficiência respiratória aguda. O objetivo do presente estudo foi comparar diferentes métodos de obtenção das curvas pressão-volume e avaliar sua reprodutibilidade e fidedignidade. MATERIAIS E MÉTODOS: As curvas pressão-volume toracopulmonares, pulmonares e torácicas foram comparadas em 14 pacientes com IRA por três métodos diferentes: a técnica da superseringa, a das oclusões inspiratórias e um novo método automatizado, utilizando fluxos contínuos de 3 e de 9 l.min-1. Foram avaliadas a forma das curvas, bem como os valores de complacência estática e dos pontos de inflexão inferior e superior, quando presentes. RESULTADOS: A análise das curvas pressão-volume pelos diferentes métodos revelou que as curvas obtidas com o método constante de 3 l.min-1 foram superponíveis às obtidas pelos métodos da superseringa e das oclusões inspiratórias, enquanto que com o método de 9 l.min-1 houve um discreto desvio para a direita. Apesar disso, as medidas de complacência estática e os valores dos pontos de inflexão inferior foram semelhantes em todos os métodos, permitindo, todos eles, a identificação de pacientes com e sem pontos de inflexão inferior. CONCLUSÕES: A avaliação das curvas pressão volume em portadores de insuficiência respiratória aguda, por qualquer um dos métodos testados, permite avaliar os valores de complacência estática e de pontos de inflexão inferior, e dividi-los em dois grupos, de acordo com a presença ou ausência de pontos.
Abstract OBJECTIVE: Measurement of respiratory compliance based on pressure-volume curves are advocated for assessing the severity of acute respiratory failure. The aim of the present study was to compare different methods of obtaining pressure-volume curves and to evaluate their reproducibility and reliability. MATERIALS AND METHODS: Thoracopulmonary, pulmonary and thoracic pressurevolume curves were obtained in 14 patients and compared using three different methods: supersyringe method, inspiratory occlusions method and constant-flow method, using two different flows: 3 and 9 l.min-1. The slope of the curves, the values of static compliance and upper and lower inflection points, when present, were evaluated. RESULTS: The analysis of the pressure-volume curves through the three different methods showed that the curves obtained using a constant 3 l.min-1 flow were superimposable to the ones obtained using the supersyringe and inspiratory occlusions. Curves obtained using the 9 l.min-1 flow method were associated with a slight rightward shift. However, the values of static respiratory compliance and lower inflection points were similar for all patients regardless of the method, allowing the identification of patients with and without lower inflection points. CONCLUSIONS: The evaluation of pressure-volume curves, by any of the tested methods, in patients with acute respiratory failure, allows the evaluation of the values of static respiratory compliance and points of lower inflection, as well as their division into two groups, according to the presence or absence of points.
Contido em Revista HCPA. Porto Alegre. Vol. 19, n. 3 (nov. 1999), p. 336-349
Assunto Insuficiência respiratória
Lesão pulmonar aguda
[en] Acute respiratory distress syndrome
[en] Acute respiratory failure
[en] Lower inflection point
[en] Pressurevolume curves
[en] Static compliance
[en] Upper inflection point
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/164035
Arquivos Descrição Formato
000353424.pdf (67.26Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.