Repositório Digital

A- A A+

Espaços criativos : a configuração de uma espacialidade pela narrativa jornalística

.

Espaços criativos : a configuração de uma espacialidade pela narrativa jornalística

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Espaços criativos : a configuração de uma espacialidade pela narrativa jornalística
Autor Cardoso, Renata Carrero
Orientador Marzulo, Eber Pires
Data 2017
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Arquitetura. Programa de Pós-Graduação em Planejamento Urbano e Regional.
Assunto Planejamento urbano
Urbanização
[en] Fourth district
[en] Narrative
[en] Redevelopment
[en] Spatiality
Resumo As propostas de reurbanização de áreas desindustrializadas através do fomento à implantação de atividades da chamada economia criativa destacam-se atualmente nas discussões sobre planejamento urbano e políticas públicas. Aos setores econômicos criativos, passou a ser atribuída a capacidade de atuação enquanto vetores de desenvolvimento econômico e socioespacial, através do estabelecimento de novas espacialidades ao território. Na convergência entre a nova taxonomia da economia e as dinâmicas da produção capitalista do espaço urbano, o território reurbanizado adquire um valor que é potencializado por sentidos simbólicos a ele atribuídos, operados desde elaborações discursivas articuladas pela narratividade. Nesta direção, este estudo procurou analisar a narrativa da imprensa jornalística tendo como objetivo compreender, desde os elementos de composição das narrativas, as estratégias de comunicação que contribuem para a instauração de uma espacialidade criativa e para a conformação de novos valores e práticas sociais, assim como para a demarcação dos rumos da História. Os resultados da pesquisa mostraram que a prescrição da espacialidade criativa do IV Distrito de Porto Alegre|RS pode ser entendida como um mecanismo de (re)produção do espaço e de reinserção de territórios às dinâmicas do mercado de terras. A narrativa jornalística analisada tem desempenhado papel relevante ao ser operada de forma a induzir a instauração não apenas do espaço físico, mas também do espaço social, fomentando tanto seu consumo quanto sua produção.
Abstract The proposals for redevelopment of desindustrialized areas through the promotion and development of the so-called creative economy activities are currently highlighted in the discussions on urban planning and public policies. To the creative economy sectors, the capacity to act as vectors of economic and socio-spatial development has been attributed through the establishment of new spatialities in the territory. In the convergence between the new economy’s taxonomy and the dynamics of capitalist production of urban space, the redeveloped territory acquires a value that is enhanced by symbolic meanings attributed to it, operated from discursive expressions articulated by its narrativity. In this sense, this study sought to analyze the narrative of the press in order to understand, from the elements of composition of the narratives, the communication strategies that contributes to the establishment of a creative spatiality and to the conformation of new values and social practices, as well as for the demarcation for the course of history. The results of the research demonstrate that the prescription of the creative spatiality of the IV District of Porto Alegre|RS can be understood as a mechanism for (re) production of space and reinsertion of territories in the dynamics of the real state market. The analyzed press’ narrative has played a relevant role in by operation not only as to induce the instauration of the physical space, but also of the social space, fomenting both its consumption and its production.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/164070
Arquivos Descrição Formato
001025973.pdf (6.713Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.