Repositório Digital

A- A A+

In vitro analysis of shear bond strength and adhesive remnant index of different metal brackets

.

In vitro analysis of shear bond strength and adhesive remnant index of different metal brackets

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título In vitro analysis of shear bond strength and adhesive remnant index of different metal brackets
Outro título Análise in vitro da resistência adesiva e do índice de adesivo remanescente em diferentes tipos de braquetes metálicos
Autor Henkin, Fernanda de Souza
Macedo, Érika de Oliveira Dias de
Santos, Karoline da Silva
Schwarzbach, Marília
Samuel, Susana Maria Werner
Mundstock, Karina Santos
Abstract Introduction: There is a great variety of orthodontic brackets in the Brazilian market, and constantly evaluating them is critical for professionals to know their properties, so as to be able to choose which product best suits their clinical practice. Objectives: To evaluate the bond strength and the adhesive remnant index (ARI) of different brands of metal brackets. Material and Methods: A total of 105 bovine incisors were used, and brackets of different brands were bonded to teeth. Seven different bracket brands were tested (MorelliTM, American OrthodonticsTM, TP OrthodonticsTM, Abzil-3MTM, OrthometricTM, TecnidentTM and UNIDENTM). Twenty-four hours after bonding, shear bond strength test was performed; and after debonding, the ARI was determined by using an optical microscope at a 10-fold increase. Results: Mean shear bond strength values ranged from 3.845 ± 3.997 (MorelliTM) to 9.871 ± 5.106 MPa (TecnidentTM). The majority of the ARI index scores was 0 and 1. Conclusion: Among the evaluated brackets, the one with the lowest mean shear bond strength values was MorelliTM. General evaluation of groups indicated that a greater number of bond failure occurred at the enamel/adhesive interface.
Resumo Introdução: atualmente, há uma grande diversidade de braquetes ortodônticos no mercado brasileiro, e a avaliação desses é fundamental para que os profissionais conheçam suas propriedades e possam qualificar a sua escolha. Objetivo: avaliar o desempenho de diferentes braquetes metálicos — com diferentes características de base —, por meio da resistência de união e do Índice de Adesivo Remanescente (IAR). Material e Métodos: braquetes de sete marcas distintas foram testados (Morelli®, American Orthodontics®, TP Orthodontics®, Abzil-3M®, Orthometric®, Tecnident® e UNIDEN®). Os braquetes foram colados em incisivos bovinos totalizando 105 corpos de prova. O teste de resistência ao cisalhamento foi realizado 24h após a colagem e, em seguida, foi avaliado o IAR, por meio do uso de um microscópio óptico, em aumento de 10 vezes. Resultados: a média dos valores de resistência de união variou entre 3,845 ± 3,997MPa (Morelli®) e 9,871 ± 5,106MPa (Tecnident®). A maioria dos escores do IAR foi de 0 e 1. Conclusão: entre os braquetes avaliados, o que obteve a menor média de resistência de união foi o Morelli®. A avaliação geral dos grupos indicou maior número de falhas de colagem na interface esmalte/adesivo.
Contido em Dental press journal of orthodontics. Maringá. Vol. 21, no. 16 (Nov./Dec. 2016), p. 67-73
Assunto Braquetes ortodônticos
Materiais odontologicos : Adesivos
Ortodontia
[en] Orthodontic brackets
[en] Orthodontics
[en] Shear strenght
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/164237
Arquivos Descrição Formato
001015291.pdf (1.037Mb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.