Repositório Digital

A- A A+

Insuficiência renal aguda no pós-operatório de cirurgia cardíaca

.

Insuficiência renal aguda no pós-operatório de cirurgia cardíaca

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Insuficiência renal aguda no pós-operatório de cirurgia cardíaca
Outro título Acute renal failure in postoperative cardiac surgery
Autor Garces, Erwin Enrique Otero
Balbinotto, Antonio
Thomé, Fernando Saldanha
Guimarães, Jordana de Fraga
Barros, Elvino José Guardão
Resumo A insuficiência renal aguda no pós-operatório de cirurgia cardíaca, embora não seja freqüente, é considerada uma das mais importantes complicações, devido à alta mortalidade associada com essa condição, principalmente quando algum tipo de terapia de substituição renal se faz necessária. Vários fatores de risco têm sido identificados como significativos para o desenvolvimento da insuficiência renal aguda, entre eles a idade avançada, a insuficiência renal prévia, o tempo de circulação extracorpórea e o tipo de cirurgia realizada. A etiologia é multifatorial, identificando-se fatores genéticos e aspectos relacionados com o procedimento cirúrgico. Uma vez estabelecida a insuficiência renal aguda, medidas de suporte devem ser iniciadas, evitando perpetuar a lesão renal. A terapia de substituição renal não deve ser postergada, sendo, até o momento, a única ação terapêutica efetiva em termos de melhorar o prognóstico desses pacientes.
Abstract Although it is not a frequent complication, acute renal failure in postoperative cardiac surgery patients is considered a major complication, due to high mortality associated with this clinical condition, especially when some form of renal replacement therapy is necessary. Several risk factors have been identified as significant for the development of acute renal failure, such as old age, previous renal disease, time of extracorporeal circulation and type of surgery. The etiology is multifactorial, and genetic factors and aspects related to the surgical procedure can be identified. Once acute renal failure has been established, support measures should be initiated to prevent the development of renal damage. Renal replacement therapy should not be postponed, since, to date, it is the only effective therapeutic option to improve the prognostic of these patients.
Contido em Revista HCPA. Vol. 26, n. 3 (dez. 2006), p. 87-94
Assunto Cirurgia cardíaca
Insuficiência renal aguda
[en] Acute renal failure
[en] Postoperative cardiac surgery
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/164245
Arquivos Descrição Formato
000654114.pdf (457.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.