Repositório Digital

A- A A+

Hipertensão arterial sistêmica : prevalência e mecanismos fisiopatogênicos

.

Hipertensão arterial sistêmica : prevalência e mecanismos fisiopatogênicos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Hipertensão arterial sistêmica : prevalência e mecanismos fisiopatogênicos
Outro título Hypertension : prevalence and pathophysiologic mechanisms
Autor Fuchs, Flávio Danni
Moraes, Renan Stoll
Gus, Miguel
Rosito, Guido Bernardo Aranha
Fuchs, Sandra Cristina Pereira Costa
Moreira, Leila Beltrami
Resumo A prevalência de hipertensão arterial, agravo de saúde com distribuição internacional, também é alta em Porto Alegre. Seus fatores de risco – obesidade, predisposição familiar, consumo abusivo de bebidas alcoólicas – foram encontrados em estudos epidemiológicos conduzidos pela unidade de Hipertensão Arterial, ao lado do risco independente propiciado por baixo nível socioeconômico, um aspecto que merece investigações específicas. A interação entre história familiar de hipertensão arterial e consumo aumentado de cloreto de sódio é um mecanismo fisiopatogênico da doença identificado em modelo experimental e em indivíduos jovens vivendo na comunidade. O consumo abusivo de bebidas alcoólicas pode aumentar a pressão arterial nas fases de depuração do etanol, como se demonstrou, sob condições experimentais, em jovens voluntários normotensos e em indivíduos vivendo em comunidades. Exposições ambientais ao excesso de sal, calorias e álcool explicam grande parte dos casos de hipertensão arterial.
Abstract Arterial hypertension, which is a cardiovascular risk factor with a worldwide distribution, is highly prevalent in Porto Alegre, Brazil. Risk factors for hypertension – obesity, familial predisposition, abusive intake of alcoholic beverages – were identified in epidemiological studies carried out by the hypertension unit at Hospital de Clínicas de Porto Alegre. The independent risk for hypertension resulting from low socioeconomic level requires further investigation. An interaction between familial predisposition to arterial hypertension and higher salt intake is a pathophysiologic mechanism of the disease, identified in experimental models and in free-living individuals. Abusive consumption of alcoholic beverages may increase blood pressure during the vanishing period, a mechanism demonstrated, under experimental conditions, in young normotensive volunteers, and in free living-individuals. Excessive consumption of calories, salt and alcohol explains the incidence of most cases of arterial hypertension.
Contido em Revista HCPA. Porto Alegre. Vol. 25, n. 3 (dez. 2005), p. 36-40
Assunto Bebidas alcoólicas
Cloreto de sódio
Dieta
Genética
Hipertensão
Prevalência
[en] Alcohol
[en] Arterial hypertension
[en] Familial predisposition
[en] Pathophysiologic mechanisms
[en] Prevalence
[en] Salt
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/164284
Arquivos Descrição Formato
000518036.pdf (168.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.