Repositório Digital

A- A A+

Internações por acidentes de trânsito no Sistema Único de Saúde : valores pagos na região metropolitana de Porto Alegre (RS), 1998 a 2003

.

Internações por acidentes de trânsito no Sistema Único de Saúde : valores pagos na região metropolitana de Porto Alegre (RS), 1998 a 2003

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Internações por acidentes de trânsito no Sistema Único de Saúde : valores pagos na região metropolitana de Porto Alegre (RS), 1998 a 2003
Outro título Hospital admission for traffic accidents in the public health system : expenditures in the metropolitan area of Porto Alegre, state of Rio Grande do Sul, Brazil
Autor Fantinel, Cristiane Bergmann
Bordin, Ronaldo
Resumo São apresentados os gastos médico-hospitalares das internações em acidentes de trânsito pelo Sistema Único de Saúde (SUS) na região metropolitana de Porto Alegre/RS no período de 1998 a 2003. Foram encontradas 21.094 internações. Do total de US$ 6.528.904,43 pagos, 59% foram referentes a serviços hospitalares (US$ 3.863.381,81), 15% a serviços profissionais (US$ 1.002.856,85), 13% a órteses e próteses (US$ 860.841,73), 8% a Serviços de Apoio à Diagnose e Terapia (SADT) (US$ 548.464,14) e 4% a sangue (US$ 249.577,24). Os valores pagos para recém-nascido (US$ 11,37) e transplantes (US$ 3.771,29) não obtiveram representação percentual relevante na composição dos valores. O total pago em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) foi de US$ 799.523,18. Concluiu-se que os valores pagos estão concentrados em indivíduos do sexo masculino, na faixa etária dos 10 aos 39 anos, em hospitais universitários, e que as internações que evoluíram ao óbito apresentam maior gasto médio, justificado pela retirada de órgãos para transplante.
Abstract This works presents public health expenses with hospital and medical care provided to patients admitted in hospitals for traffic accidents, in Porto Alegre, Brazil, and cities nearby from 1998 to 2003 (n = 21,094 admissions). From a total spending budget of US$ 6,528,904.43, 59% were with hospital care services (US$ 3,863,381.81), 15% with staff services (US$ 1,002,856.85), 13% with orthoses and prostheses (US$ 860,841.73), 8% with services of support to diagnoses and therapy and 4% with blood products (US$ 249,577.24). Expenses concerning newborns and transplantations were of minor relevance in the total budget. The total expense for intensive care units was US$ 799,523.18. Male patients aged 10 to 39 years-old and admitted in university hospitals accounted for the greatest expenses. For patients who died, admissions had increased average costs due to extraction of organs for transplant donations.
Contido em Revista HCPA. Vol. 25, n. 1/2 (abr./ago. 2005), p. 76-80
Assunto Acidentes de trânsito
Economia da saúde
Financiamento em saúde
Internacao
[en] Health care economy
[en] Health care financial
[en] Traffic accidents
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/164287
Arquivos Descrição Formato
000515803.pdf (106.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.