Repositório Digital

A- A A+

Levantamento gravimétrico do litoral médio do estado do Rio Grande do Sul: parte central emersa da bacia de Pelotas

.

Levantamento gravimétrico do litoral médio do estado do Rio Grande do Sul: parte central emersa da bacia de Pelotas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Levantamento gravimétrico do litoral médio do estado do Rio Grande do Sul: parte central emersa da bacia de Pelotas
Autor Aquino, Robson dos Santos
Orientador Weschenfelder, Jair
Co-orientador Rosa, Maria Luiza Correa da Camara
Data 2017
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Programa de Pós-Graduação em Geociências.
Assunto Anomalia bouguer
Bacia de pelotas
Gravimetria
[en] Bouguer anomaly
[en] Geological heritage
[en] Gravimetry
[en] Pelotas basin
Resumo A origem e evolução da Bacia de Pelotas está diretamente relacionada com os processos tectônicos, que por sua vez, condicionam vários processos sedimentares. Assim, o estudo da compartimentação morfoestrutural é extremamente importante no seu entendimento evolutivo. O objetivo principal foi o levantamento gravimétrico terrestre da área de estudo, seu processamento e interpretação para posterior identificação de suas principais estruturas, assim como investigar a configuração morfoestrutural da porção central da Planície Costeira do Rio Grande do Sul. O método do potencial gravimétrico (gravimetria) é amplamente usado na prospecção mineral, análise de bacias, e mapeamentos geológicos por causa do seu baixo custo e rapidez nos resultados e fornecem informação quanto a geologia e a delimitação de estruturas e descontinuidades geológicas, além de fornecer importantes informações a respeito do embasamento subjacente no caso de bacias sedimentares. A área de estudo escolhida para a aplicação da metodologia proposta compreende a parte emersa da Bacia de Pelotas, na região central da Planície Costeira do Rio Grande do Sul, aproximadamente entre as latitudes 30° e 32°10’S e as longitudes 50°40’ e 52°40’W; situa-se em uma área que abrange os municípios costeiros do litoral médio do Rio Grande do Sul entre os municípios de São José do Norte e Palmares do Sul. O principal resultado gerado foi mapas de anomalia Bouguer e seus derivados identificando quatro setores de anomalias distintas, evidenciados por altos e baixos gravimétricos e sua possível correlação com as feições estruturais do embasamento geradas ou reativadas por rifteamento proveniente da origem da Bacia de Pelotas. Futuramente, outros métodos geofísicos podem ser utilizados e integrados para contribuir com o modelo proposto neste estudo.
Abstract The origin and evolution of the Pelotas Basin is directly related to tectonic processes, which in turn affect various sedimentary processes. Thus, the study of morphostructural compartments is extremely important in its evolution understanding. The main objective was the terrestrial gravimetric survey of the study area, its processing and interpretation for later identification of its main structures, as well as to investigate the morphostructural configuration of the middle portion of coastal plain Rio Grande do Sul. The method of gravity potential (gravity), is widely used in mineral prospecting, basin analysis, and geological mapping because of its low cost and speed of results and provide information about geology and delineation of structures and geological discontinuities, and provide essential information about the underlying basis in the case of sedimentary basins. The study area chosen for the implementation of the proposed methodology comprises the emerged part of the Pelotas Basin, in central Rio Grande do Sul coastal province, between latitudes 30° and 32°10'S and longitudes 50°4' and 52°40'W, in an area covering the coastal municipalities of the middle coast of Rio Grande do Sul State between the cities of São José do Norte and Palmares do Sul. The main results generated were Bouguer anomaly maps and derivatives by identifying four sectors of distinct anomalies highlighted by high and low gravity and its possible correlation with the structural features of the basement generated or reactivated by rifting related to Pelotas Basin origin. In the future, other geophysical methods can be used and integrated to contribute to the model suggested in this study.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/164322
Arquivos Descrição Formato
001026287.pdf (5.099Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.