Repositório Digital

A- A A+

Risco cardiovascular em pacientes com transtorno de humor bipolar

.

Risco cardiovascular em pacientes com transtorno de humor bipolar

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Risco cardiovascular em pacientes com transtorno de humor bipolar
Autor Wageck, Aline André Rodrigues
Orientador Kunz, Maurício
Co-orientador Kapczinski, Flávio Pereira
Data 2017
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Psiquiatria e Ciências do Comportamento.
Assunto Doenças cardiovasculares
Mortalidade
Transtorno bipolar
[en] Bipolar disorder
[en] Cardiovascular mortality
[en] Cardiovascular risk
[en] Coronary atherosclerotic disease
[en] Coronary calcium score
[en] Neuroprogression
Resumo O transtorno de humor bipolar (THB) é uma condição incapacitante e caracterizada pela presença de episódios de humor associados a alterações de cognição e de comportamento. Indivíduos com diagnóstico de THB estão particularmente propensos a múltiplas condições metabólicas. Em uma parcela dos pacientes acometidos pela doença observa-se a neuroprogressão do quadro, com alterações no campo da neuroimagem e de biomarcadores – citocinas inflamatórias, estresse oxidativo e neurotrofinas. Tais fatores parecem também relacionar-se ao aumento do risco cardiovascular (RCV) observado nessa população, visto que a doença cardiovascular (DCV) constitui a principal causa de morte em pacientes com THB. Mesmo conhecendo tal estatística, há escassez de literatura científica abordando avaliação cardiovascular em pacientes bipolares. Dessa forma, a presente tese tem o objetivo de melhorar o entendimento da associação entre neuroprogressão e doença cardiovascular. Para tal, inicialmente conduzimos uma revisão da literatura englobando variáveis associadas ao estadiamento e à neuroprogressão, sobretudo aspectos que se referem a biomarcadores, neuroimagem, cognição, funcionalidade e resposta ao tratamento. Em seguida, foi realizado estudo clínico com o objetivo de avaliar a prevalência de doença aterosclerótica coronariana através do uso do escore de cálcio coronariano (ECC) em pacientes ambulatoriais bipolares tipo 1. Os pacientes incluídos eram bipolares tipo 1, todos eutímicos e tendo assinado o termo de consentimento. Os escores de cálcio foram adquiridos utilizando um scanner Aquilion 64 CXL (Toshiba Medical Systems) e a quantificação realizada através do método de Agatston. Em nosso estudo verificou-se que pacientes com ECC positivo eram mais velhos (média 55.2 anos; p=0.001) e tinham uma média maior de internações psiquiátricas prévias (media 4.7; p=0.04) quando comparados ao grupo com ECC negativo, além de também haver uma associação positiva entre ECC e número de internações psiquiátricas prévias entre toda a amostra do estudo (p<0.001). Nossos resultados sugerem a associação entre idade e maiores escores coronarianos, além da relação entre cálcio coronariano e número de internacões psiquiátricas prévias. É possível que este achado relacione-se ao fato de que pacientes em estágios mais avançados da doença tenham maior carga inflamatória que, juntamente com os fatores de risco para DCV, justificaria o aumento do RCV, sugerindo um possível link entre neuroprogressão no THB e aterosclerose coronariana acelerada.
Abstract Bipolar disorder (BD) is a disabling condition characterized by the presence of mood episodes associated with changes in cognition and behavior. Individuals diagnosed with BD are particularly prone to multiple metabolic conditions. In a portion of the patients affected by the disease the neuroprogression is observed, with alterations in the field of neuroimaging and of biomarkers - inflammatory cytokines, oxidative stress and neurotrophins. These factors also seem to be related to the increased cardiovascular risk (CVR) observed in this population, since cardiovascular disease (CVD) is the main cause of death in patients with BD. Even knowing this statistic, there is a paucity of scientific literature addressing cardiovascular evaluation in bipolar patients. Thus, the present thesis aims to improve the understanding of the association between neuroprogression and cardiovascular disease. To this objective, we initially conducted a literature review encompassing variables associated with staging and neuroprogression, especially aspects that refer to biomarkers, neuroimaging, cognition, functionality and response to treatment. Afterwards, a clinical study was performed to evaluate the prevalence of coronary atherosclerotic disease through the use of coronary calcium score (CCS) in outpatient bipolar type 1 patients. The patients included were diagnosed as BD type 1, all of them euthymic and signed the consent form. Calcium scores were acquired using an Aquilion 64 CXL scanner (Toshiba Medical Systems) and quantification performed using the Agatston method. In our study, patients with CCS positive were older (mean 55.2 years; p = 0.001) and had a higher mean of previous psychiatric hospitalizations (mean 4.7, p = 0.04) when compared to the CCS negative group, and there was also a positive association between CCS and number of previous psychiatric hospitalizations among the entire study sample (p<0.001). Our results suggest the association between age and higher coronary scores, as well as the relationship between coronary calcium and the number of previous psychiatric hospitalizations. It is possible that this finding is related to the fact that patients in more advanced stages of the disease have a higher inflammatory load that, together with the risk factors for CVD, would justify the increase of CVR, suggesting a possible link between neuroprogression in BD and accelerated coronary atherosclerosis.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/164356
Arquivos Descrição Formato
001026362.pdf (631.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.