Repositório Digital

A- A A+

Validação do female sexual function index (FSFI) para uso em língua portuguesa

.

Validação do female sexual function index (FSFI) para uso em língua portuguesa

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Validação do female sexual function index (FSFI) para uso em língua portuguesa
Outro título Validation of the female sexual function index (FSFI) for portuguese language
Autor Hentschel, Heitor
Alberton, Daniele Lima
Capp, Edison
Goldim, José Roberto
Passos, Eduardo Pandolfi
Resumo O Female Sexual Function Index (FSFI) é uma escala breve para avaliar a função sexual em mulheres que ainda não foi traduzido e validado para uso em português. Objetivo: traduzir e validar o Female Sexual Function Index (FSFI) para utilização em português. Método: foi realizado estudo transversal. O “Female Sexual Function Index” foi traduzido e validado para língua portuguesa. A amostra de conveniência incluiu 215 mulheres que procuraram o Setor de Infertilidade do Serviço de Ginecologia e Obstetrícia do Hospital de Clinicas de Porto Alegre e o Serviço de Orientação e Planejamento Familiar. Resultados: número de anos de estudo foi maior no grupo FA (8,34 ± 3,73 X 9,51 ± 4,23, p = 0,032); idade do parceiro (38,86 ± 8,76 X 34,25 ± 6,72 anos p < 0,001) e tempo de vida juntos (11,94 ± 7,26 X 8,11 ± 4,58 anos, p < 0,001) foram maiores no grupo ligadura tubária (LT). A maior correlação positiva em mulheres que desejavam esterilização cirúrgica foi entre orgasmo e satisfação (0,798), nas mulheres que desejavam engravidar a maior correlação foi entre desejo e excitação (0,627). Os escores dos domínios orgasmo e satisfação foram maiores para o grupo FA (P = 0,048 e P = 0,026, respectivamente). Conclusão: As mulheres de casais inférteis que desejam engravidar e mulheres férteis que desejam se submeter a esterilização cirúrgica apresentaram bons escores de satisfação sexual, sendo estes semelhantes entre os dois grupos.
Abstract The Female Sexual Function Index (FSFI) is a short score to assess female sexual function. that has not been translated and validated to be used in Portuguese speakers. Objective: to translate and make the validadion of FSFI to use in Portuguese. Method: a cross-sectional study was carried out. The Female Sexual Function Index was translated and validated for Portuguese language. Sample included 215 women who sought the Setor de Infertildade do Serviço de Ginecologia e Obstetrícia do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA) and Serviço de Orientação e Planejamento Familiar. Results: years of study was higher in group FA (8.34 ± 3.73 X 9.51 ± 4.23, p = 0.032); partner´s age (38.86 ± 8.76 X 34.25 ± 6.72 years p < 0.001) and years of marital relationship (11.94 ± 7.26 X 8.11 ± 4.58 years, p < 0.001) were higher in group TL. The greatest positive correlation in the TL group was between orgasm and sexual satisfaction (0.798), in group AF between desire and arousal (0.627). The scores for orgasm and satisfaction were higher for group AF (p = 0.048 and p= 0.026, respectively). Conclusion: women from infertile couples and fertile women who wanted to undergo surgical sterilization showed good scores for sexual satisfaction, these scores being similar between the two groups.
Contido em Revista HCPA. Porto Alegre. Vol. 27, n. 1 (2007), p. 10-14
Assunto Comportamento sexual
Esterilização tubária
Infertilidade
Ligadura
[en] Desire,
[en] Infertility
[en] Sexual function,
[en] Sexuality
[en] Surgical sterilization,
[en] Tubal ligation,
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/164528
Arquivos Descrição Formato
000970443.pdf (102.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.