Repositório Digital

A- A A+

Avaliacao da absorcao intestinal de calcio em mulheres perimenopausicas normais : sua importancia na massa ossea e a comparacao de testes de absorcao de calcio para uso ambulatorial

.

Avaliacao da absorcao intestinal de calcio em mulheres perimenopausicas normais : sua importancia na massa ossea e a comparacao de testes de absorcao de calcio para uso ambulatorial

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliacao da absorcao intestinal de calcio em mulheres perimenopausicas normais : sua importancia na massa ossea e a comparacao de testes de absorcao de calcio para uso ambulatorial
Autor Castro, Jose Augusto Sisson de
Orientador Gross, Jorge Luiz
Co-orientador Peacock, Munro
Data 1996
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Curso de Pós-Graduação em Clínica Médica.
Assunto Osteoporose pós-menopausa : Feminino : Menopausa : Calcio : Absorcao intestinal : Osso e ossos : Calcificacao fisiologica : Comparabilidade dos dados
Resumo A redução da absorção intestinal de cálcio (Ca) é tida como uma importante alteração patofisiológica para justificar a perda de massa óssea e a osteoporose pósmenopáusicas. Porém, a existência desta deficiência, bem como suas causas, ainda não foram esclarecidas. Em 89 mulheres brancas normais, 37 pré-menopáusicas e 52 pósmenopáusicas, determinou-se a absorção intestinal de Ca pelo método com um radioisotopo, 45Ca, em 1 hora, ALFA, e sua relação com vários parâmetros do metabolismo do Ca e com as medidas da massa óssea no rádio. ALFA e as medidas da massa óssea foram significativamente mais baixas nas mulheres pós-menopáusicas. ALFA se correlacionou inversa e significantemente apenas com a idade. Por análise de regressão multivariada passo-a-passo, controlando para a condição menopausa, o efeito da idade em ALFA desaparece sem modificar muito o coeficiente de regressão ajustado da menopausa. ALFA, ou absorção fracionária de Ca com carreador na dose de 20 mg, foi comparada com o teste de absorção fracionária (Abs. Frac.) de Ca com carreador na dose de 250 mg medido em 3 e 5 horas. As Abs.Frac com dose de 250 mg foram mais precisas que ALFA e se correlacionaram com os níveis de calcitriol, ao contrário de ALFA. Ambos os testes, com carreador em dose baixa e com carreador em dose alta, correlacionaram-se significantemente entre si. ALFA parece carecer de precisão para avaliar as possíveis alterações na absorção intestinal de Ca decorrentes da presença ou não de esteróides sexuais. Entre os testes de absorção de Ca com carreador em dose alta a Abs.Frac. medida após 3 horas foi tão precisa como após 5 horas, mas parece ser mais prática para o uso ambulatorial.
Abstract Intestinal calcium malabsorption is considered an important pathophysiological process to justify postmenopausal bone loss as well as osteoporosis however its presence and the mechamism of this disturbance remains unknown. In 89 normal white females, 37 premenopausal and 52 postmenopausal, intestinal calcium absorption was measured by a single radioisotopic, 45Ca, method in 1 hour, ALPHA, as well as its relationship to several parameteres of the mineral metabolism and to the bone mass absorptiometry of the radius. ALPHA and bone mass were significantly lower in the postmenopausal women than in the premenopausal ones. ALPHA correlated negatively and significant1y only with age. By stepwise multiple regression analysis, controling for the menopausal status the effect of age in ALFA, log transformed, disapppeared with little change in the menopausal standardized coefficient of regression. ALPHA, 20 mg Ca carrier 1 hour fractional absorption test, was compared against 250 mg Ca carrier fractional absortion test measured after 3 and 5 hours. The high dose carrier intestinal absorption test was more precise than ALPHA and correlated with fasting serum calcitriol leveIs. Both intestinal Ca aborption test, with low and high carrier dose, significantly correlated to each other. ALPHA does not appear to have enough precision to assess the possible metabolic effects of the sexual steroids in the intestinal Ca absorption. The 3 hour fractional absorption test appears to be as precise and more practical than the 5 hour test to be used in an ambulatorial setting.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/164531
Arquivos Descrição Formato
000148810.pdf (5.654Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.