Repositório Digital

A- A A+

Sinusite fúngica : uma análise clínica em nosso meio

.

Sinusite fúngica : uma análise clínica em nosso meio

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Sinusite fúngica : uma análise clínica em nosso meio
Outro título Fungal sinusitus : a clinical analysis
Autor Araújo, Elisabeth
Anselmi, Fabio
Leiria, Tiago Luiz Luz
Richter, Vinícius Torres
Pires, Leonardo Martins
Resumo OBJETIVO: Relatar os achados microbiológicos, histopatológicos, radiológicos e endoscópicos associados às observações clínicas de pacientes portadores de sinusite fúngica. MATERIAIS E MÉTODOS: Foi realizada uma análise prospectiva de 829 casos compatíveis com sinusopatia crônica. De acordo com os achados obtidos nos exames de tomografia computadorizada e endoscopia nasal, juntamente com as análises clínicas, laboratoriais, microbiológicas e histopatológicas, atentou-se para o diagnóstico de sinusite fúngica em 33 pacientes da série, os quais foram enquadrados dentro de uma das seguintes classificações: bola fúngica, sinusite fúngica alérgica , sinusite invasiva aguda (fulminante) ou sinusite indolente ou lentamente invasiva. RESULTADOS: 18 pacientes apresentaram-se com bola fúngica, 13 com critérios para sinusite fúngica alérgica. Sinusite lentamente invasiva foi identificada em dois casos e não houve nenhuma ocorrência de sinusite fúngica fulminante. Cura clínica foi obtida em 24 pacientes. Houve recidiva da sinusite fúngica alérgica em quatro casos. CONCLUSÕES: As várias formas de apresentação e de abordagem terapêutica da sinusite fúngica exigem, além do diagnóstico etiológico fúngico, a identificação do tipo de sinusite fúngica através da associação de endoscopia nasal, tomografia computadorizada, exame macroscópico da secreção, exame direto e cultura em meio adequado.
Abstract OBJECTIVE: To report the microbiological, histopathological, radiological, and endoscopic findings associated with clinical observations in patients with fungal sinusitis. MATERIALS AND METHODS: A prospective analysis of 829 cases compatible with chronic sinusitis was carried out. Diagnosis of fungal sinusitis was cofirmed in 33 patients through computed tomography and nasal endoscopy associated with clinical, laboratorial, microbiological and histopathological findings. These patients were classified as having one of the following: fungus ball sinusitis, alergic fungal sinusitis , acute invasive sinusitus or indolent or slowly invasive sinusitus. RESULTS: 18 patients presented with fungus ball sinusitis, 13 matched the criteria for AFS and two for slowly invasive fungus sinusitis. There were no occurences of fulminant fungal sinusitis. Clinical cure was obtained in 24 patients. Recidivation took place in four alergic fungal sinusitis patients. CONCLUSIONS: Fungal sinusitis presents itself in many different ways and can be treated with a large variety of therapeutical techniques. Therefore it demands not only a diagnosis of the etiology of the fungus, but also the identification of the sort of sinusitis, through an association of nasal endoscopy, computed tomography, macroscopic examination of the secretion, direct exam, and culture in appropriate medium.
Contido em Revista HCPA. Porto Alegre. Vol. 19, n. 2, (1999), p.
Assunto Endoscopia
Fungos
Sinusite
[en] Chronic sinusitis
[en] Endoscopic surgery
[en] Fungal sinusitis
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/164715
Arquivos Descrição Formato
001024902.pdf (101.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.