Repositório Digital

A- A A+

Uso de fibras no tratamento da constipação infantil : revisão sistemática com metanálise

.

Uso de fibras no tratamento da constipação infantil : revisão sistemática com metanálise

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Uso de fibras no tratamento da constipação infantil : revisão sistemática com metanálise
Autor Mello, Patrícia Piccoli de
Orientador Mello, Elza Daniel de
Data 2016
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Saúde da Criança e do Adolescente.
Assunto Adolescente
Constipação intestinal
Criança
Fibras na dieta
[en] Adolescent
[en] Children
[en] Constipation
[en] Fiber
[en] Meta-analysis
[en] Preschool
Resumo Introdução: A constipação funcional corresponde a aproximadamente 90 a 95% dos casos de constipação crônica infantil, sendo uma doença frequente e com grande impacto na qualidade de vida do paciente pediátrico e de sua família. O aumento do consumo de fibras na dieta está associado com estímulo da peristalse gastrointestinal, acelerando o trânsito colônico. Entretanto, ainda não existem evidências claras que corroborem o uso rotineiro da suplementação de fibras na dieta das crianças como parte do tratamento da constipação funcional. Objetivo: Reunir evidências atuais sobre o uso de fibras no tratamento da constipação em pacientes pediátricos. Métodos: Revisão sistemática com metanálise de estudos controlados randomizados identificados por meio de pesquisa nas bases de dados Pubmed, Embase, LILACS e Cochrane. Critérios de Inclusão: Estudos controlados randomizados; pacientes com idade entre 2 a 18 anos e com diagnóstico de constipação não orgânica em uso ou não de tratamento medicamentoso para constipação; artigos publicados em língua portuguesa, inglesa, espanhola, francesa e alemã; artigos documentados e/ou publicados em revistas acessíveis aos pesquisadores. Resultados: Foram encontrados 2.963 artigos na busca e, após avaliação adequada, 9 artigos mostraram-se relevantes frente aos objetivos do estudo. Um total de 680 crianças foram incluídas, sendo 45% meninos. Não foi demonstrado significância estatística da frequência evacuatória, da consistência evacuatória, do sucesso terapêutico, da incontinência fecal e da dor abdominal com o uso de fibras nos pacientes com constipação infantil. Esses resultados devem ser interpretados com atenção devido a alta heterogeneidade clínica entre os estudos e a limitação metodológica dos artigos selecionados para análise. Conclusão: Existe uma grande falta de estudos qualificados para avaliar a suplementação de fibras no tratamento da constipação infantil, gerando um baixo grau de confiança para se estimar o efeito real dessa intervenção na população em questão. Até esse momento, conforme a literatura atual, deve-se apenas recomendar a ingestão adequada de fibras (oriundas de alimento ou suplemento) conforme a idade para as crianças com constipação, não se devendo prescrever a suplementação de fibras como tratamento para crianças e adolescentes constipados.
Abstract Introduction: Functional constipation corresponds to approximately 90 to 95% of cases of chronic constipation in children, being a frequent disease with great impact on the quality of life of the pediatric patient and his family. Increase fiber dietary intake is associated with stimulation of gastrointestinal peristalsis, accelerating colonic transit. However, there is still no clear evidence to support the routine use of fiber supplementation in the diet of children as part of the treatment of functional constipation. Objective: To gather current evidence on the use of fiber in the treatment of constipation in pediatric patients. Methods: Systematic review with meta-analysis of randomized controlled trials identified through Pubmed, Embase, LILACS and Cochrane databases. Inclusion Criteria: Randomized controlled trials; Patients aged between 2 and 18 years and diagnosed with non-organic constipation in use or not of drug treatment for constipation; Articles published in Portuguese, English, Spanish, French and German; Articles published in journals accessible to the researchers. Results: A total of 2.963 articles were found in the search and, after adequate evaluation, 9 articles were relevant to the study objective. A total of 680 children were included, of which 45% were boys. No statistical significance was demonstrated for evacuation frequency, bowel consistency, therapeutic success, fecal incontinence, and abdominal pain with fiber in patients with childhood constipation. These results should be interpreted with caution due to the high clinical heterogeneity between the studies and the methodological limitation of the articles selected for analysis. Conclusion: There is a great lack of qualified studies to evaluate fiber supplementation in the treatment of childhood constipation, generating a low degree of confidence in estimating the real effect of this intervention in the population in question. According to the current literature, it is necessary to recommend the adequate intake of fibers (from food or supplement) according to age for children with constipation, and it is not advised to prescribe fiber supplementation as a treatment for constipated children and adolescents.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/164724
Arquivos Descrição Formato
001027719.pdf (1.078Mb) Texto parcial Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.