Repositório Digital

A- A A+

Impactos do comportamento inovativo das grandes empresas nacionais e estrangeiras da indústria de transformação brasileira no desenvolvimento do Sistema Nacional de Inovação

.

Impactos do comportamento inovativo das grandes empresas nacionais e estrangeiras da indústria de transformação brasileira no desenvolvimento do Sistema Nacional de Inovação

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Impactos do comportamento inovativo das grandes empresas nacionais e estrangeiras da indústria de transformação brasileira no desenvolvimento do Sistema Nacional de Inovação
Autor Pereira, Adriano José
Dathein, Ricardo
Resumo O artigo analisa a influência do comportamento inovativo das grandes empresas da indústria de transformação brasileira sobre a formação do Sistema Nacional de Inovação (SNI), utilizando-se da base de dados das PINTECs (2000, 2003, 2005 e 2008), a partir da construção de indicadores relativos à responsabilidade pelo desenvolvimento de produto e/ou processo; localização e importância das fontes de informação; relações de cooperação; esforço inovativo e qualificação das pessoas ocupadas em atividades de P&D. Conforme os indicadores considerados, as empresas estrangeiras têm inovado, predominantemente, a partir de relações intra-corporativas, caracterizando-se por um comportamento “hierarquicamente integrado”, com “reação adaptativa” ao que acontece em âmbito internacional; por sua vez, as grandes empresas nacionais, em regra, têm inovado relativamente menos, além de se caracterizarem como “seguidoras” das estratégias inovativas das empresas estrangeiras. Nesse sentido, conclui-se que o comportamento inovativo desses dois grupos de empresas não tem favorecido o desenvolvimento do SNI brasileiro.
Abstract The article analyses the influence of the innovative behavior adopted by large companies in Brazilian processing industry over the formation of the National System of Innovation (NSI) using PINTEC’s database (2000, 2003, 2005 and 2008) and from the generation of indicators that measure the responsibility for product and/or process development, from localization and importance of information sources, cooperation relations, innovative effort and the qualification of people involved in P&D activities. According to the studied indicators, foreign companies innovate predominantly from intracompany relations, adopting a “hierarchically integrated” behavior with “adaptive reaction” to what happens internationally. In turn, large national companies, as a rule, innovate relatively less apart can be characterized as “followers” of the innovative strategies of foreign companies. To this effect, we conclude that the innovative behavior of these two company groups has not helped the development of Brazilian NSI.
Contido em Estudos econômicos. São Paulo. Vol. 45, n. 1 (jan./mar. 2015), p. [65]-96
Assunto Brasil
Indústria de transformação
Inovação
Inovação tecnológica
Política econômica
[en] Brazilian economy
[en] Innovative behavior
[en] Large enterprises
[en] National innovation system
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/164728
Arquivos Descrição Formato
001014465.pdf (962.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.