Repositório Digital

A- A A+

Ordem e clareza formal em arquitetura

.

Ordem e clareza formal em arquitetura

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Ordem e clareza formal em arquitetura
Autor Villar, Hevelyn Hilda Baer Barbosa
Orientador Mahfuz, Edson da Cunha
Data 2017
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Arquitetura. Programa de Pesquisa e Pós-Graduação em Arquitetura.
Assunto Garcia-Solera, Javier
Projeto arquitetônico
Resumo A observação minimamente atenta às cidades contemporâneas revela uma realidade desintegrada, turbulenta e caracterizada por ruídos ensurdecedores. Diante desse cenário, o arquiteto depara-se com excessiva liberdade projetual. A falta de critérios formais adequados e de um quadro de referência, estético e histórico, permitem-lhe criar a partir do nada, de uma folha em branco. Esse processo projetual tem resultado em objetos arbitrários, cujas formas aleatórias têm pouca, ou nenhuma, relação com arquitetura. A banalidade do processo projetual e a necessidade de se reestabelecerem bases sólidas na arquitetura motivam esta tese. Já observara Le Corbusier que a desordem causa inquietação do espírito. A impossibilidade de percepção visual da ordem reforça a crise disciplinar da arquitetura contemporânea. Desse modo, o objetivo primordial desta pesquisa é investigar, quanto à clareza formal, um critério de projeto capaz de contribuir para a percepção visual da ordem e para a identificação da formalidade. O trabalho estrutura-se a partir de princípios básicos de arquitetura: a forma compreendida como estrutura organizada, derivada de um sistema de relações entre as partes, e arquitetura definida como síntese das necessidades do programa, das sugestões do lugar e da disciplina da construção. Sobre estes dois conceitos, fundamenta-se a investigação dos critérios, das estruturas formais e dos aspectos projetuais que contribuem para a ordem e para a clareza formal. A análise bibliográfica e a observação de projetos de arquitetura auxiliaram na identificação de três critérios essenciais e complementares: universalidade, sistematicidade e tectonicidade. Obras dos arquitetos suíços modernos, Werner Frey e Jacques Schader, e do arquiteto espanhol contemporâneo, Javier García- Solera, ilustram e reforçam os princípios abordados pela pesquisa e colaboram na construção de repertório estético e histórico de projeto. Acredita-se que a identificação e a compreensão dos critérios de ordem e de clareza formais sejam fundamentais para a recuperação da capacidade intelectual e visual em arquitetura. Somente assim, dotado de juízo estético, o arquiteto conseguirá afastar-se da banalidade projetual contemporânea e produzir arquitetura coerente e dotada de identidade formal.
Abstract The brief observa􀆟 on of contemporary ci􀆟 es reveals a disintegrated and disturbing reality, characterized by deafening noises. In this context, the architect possesses dispropor􀆟 onate design freedom. The lack of appropriate formal criteria combined with the absence of an Aesthe􀆟 c frame and historical reference allows him to create from “nothing” and start from a clean sheet of paper. This process of design has resulted in the concep􀆟 on of arbitrary objects, where random forms have li􀆩 le, (and some􀆟 mes no rela􀆟 onship with architecture. The banality of the design process and the necessity to reestablish solid founda􀆟 ons for architecture mo􀆟 vate this thesis. Le Corbusier had previously discussed that disorder causes the “uneasiness of the spirit”. The impossibility of visual percep􀆟 on of the concept order reinforces the disciplinary crisis of contemporary architecture. Therefore, the primary objec􀆟 ve of this research is the inves􀆟 ga􀆟 on of the quality defi ned as formal clarity, a design criteria capable of contribu􀆟 ng to the visual percep􀆟 on of order and the iden􀆟 fi ca􀆟 on of formality. This research is organized upon the basic principles of architecture. Form, understood as an organized structure derived from a system of rela􀆟 ons between the parts and the whole. Architecture, defi ned as the formal synthesis of the program’s necessi􀆟 es, the sugges􀆟 ons of the place and discipline of construc􀆟 on. These two concepts are fundamental in the inves􀆟 ga􀆟 on of formal structure and the design aspects that contribute to order and formal clarity. The bibliographic analysis and the observa􀆟 on of architecture projects contributed to the iden􀆟 fi ca􀆟 on of three essen􀆟 al and complementary criteria: Universality, systema􀆟 city and tectonics. Architectural projects by the modern Swiss architects Werner Frey and Jacques Schader and the contemporary Spanish architect Javier García-Solera, illustrate and reinforce the principles addressed by the research and collaborate in the construc􀆟 on of an aesthe􀆟 c and historical repertoire of solu􀆟 ons. The iden􀆟 fi ca􀆟 on and understanding of formal order and clarity are considered fundamental for the reestablishment of intellectual and visual capacity in architecture. Only thus, endowed with aesthe􀆟 c judgment, will the architect be able to move away from contemporary design banality and produce coherent architecture with formal iden􀆟 ty.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/164779
Arquivos Descrição Formato
001027706.pdf (24.59Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.