Repositório Digital

A- A A+

O destino não pode esperar : apontamentos sobre a inelutável improrrogabilidade

.

O destino não pode esperar : apontamentos sobre a inelutável improrrogabilidade

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O destino não pode esperar : apontamentos sobre a inelutável improrrogabilidade
Outro título Destiny cannot wait: notes on the ineluctably non-deferrable
Outro título El destino no puede esperar: apuntes sobre lo ineludible de lo improrrogable
Autor Fonseca, Tania Mara Galli
Resumo O presente texto associa a noção de improrrogável ao destino que não pode esperar, ou seja, aos acontecimentos que afetam uma vida de forma intempestiva e inelutável. Aponta este momento, como próprio ao tempo kairós, que possibilita ultrapassagens e devires frente a momentos de crise e teste às potências do corpo, impessoais e indeterminadas. Corpo-esgotado e não apenas cansado. O improrrogável, assim, se torna irmão do desastre, da catástrofe, da morte e do devir. Ergue-se como um destino realizado às nossas costas e às nossas custas e pode constituir-se em ocasião de artesania de um corpo-sem-órgãos que expele elementos potenciais para além do ressentimento e da queixa.
Abstract This text relates the notion of the non-deferrable to a destiny that cannot wait, to events which affect a life in an untimely and ineluctable way. This moment is aligned as belonging to kairos time which facilitates surpassings and becomings in face of moments of crisis which test the impersonal and indeterminate powers of a body—of a body-exhausted and not just tired. The non-deferrable thus becomes the next-of-kin of disaster, of catastrophe, of death and of becoming. It presents as a destiny realised behind our backs and on our backs and which possibly gives rise to an artesanal crafting of a body-without-organs which releases potential elements that go beyond complaint and resentment.
Resumen Este texto asocia la noción de lo improrrogable a un destino que no puede esperar, es decir, a los eventos que afectan una vida de manera inoportuna e ineludible. Se apunta este momento como proprio al tiempo kairós que posibilita más-allás y devenires frente a momentos de crisis a fin de poner a prueba los poderes impersonales e indeterminados de un cuerpo, de un cuerpo-agotado y no sólo cansado. De este modo, lo improrrogable se convierte en el hermano del desastre, de la catástrofe, de la muerte y del devenir. Se destaca como un destino realizado a nuestras espaldas y sobre nuestras espaldas y que puede dar ocasión a la artesania de un cuerpo sin órganos que expulsa elementos potenciales más allá del resentimiento y de la queja.
Contido em Revista Polis e Psique. Porto Alegre, RS. Vol. 7, n. 1 (2017), p. 6-24.
Assunto Corpo
Filosofia
Modo de vida
[en] A Life
[en] Body-without-organs
[en] Event
[en] Exhaustion
[en] Non-deferrable
[es] Acontecimento
[es] Agotamiento
[es] Cuerpo-sin-órganos
[es] Improrrogable
[es] Una Vida
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/164962
Arquivos Descrição Formato
001027018.pdf (391.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.