Repositório Digital

A- A A+

O apoio médico nas armas brasileiras durante a guerra do Paraguai (1864 -1870)

.

O apoio médico nas armas brasileiras durante a guerra do Paraguai (1864 -1870)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O apoio médico nas armas brasileiras durante a guerra do Paraguai (1864 -1870)
Autor Martins, Eduardo Henrique Monteiro
Orientador Guazzelli, Cesar Augusto Barcellos
Data 2017
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Curso de História: Licenciatura.
Assunto Doenças transmissíveis
Guerra do Paraguai (1864-1870)
Medicina de guerra
[en] Blood Hospitals
[en] Caxias
[en] Imperial Army
[en] Infectious or contagious disease
[en] Medical aid Stations and Ambulances in Paraguay War
[en] Organisation and employment supporting health
[en] Paraguay War
[en] Recruitment the doctors
Resumo O presente trabalho visa entender como foi estruturado e executado o apoio médico nas armas brasileiras durante a guerra do Paraguai, particularmente, no Exército Imperial após a assunção do comando das tropas aliadas por Caxias, que, com sua intervenção, minimizou os problemas logísticos e garantiu a higidez da tropa para o prosseguimento da campanha. Este fator foi determinante para a obtenção das vitórias que se sucederam, face às dificuldades encontradas no recrutamento dos efetivos destinados à restituição das baixas sofridas. O foco da pesquisa restringiu-se à organização e à atuação do apoio de saúde, buscando conhecer: quantas instalações de saúde foram organizadas; como estavam estruturadas e onde se localizavam os hospitais e enfermarias em campanha; como eram realizadas as evacuações médicas e os atendimentos aos moribundos; quais as intercorrências mais comuns; como se deu o recrutamento dos profissionais da área de saúde que atuavam nesses nosocômios; e quais as doenças que resultaram em baixas de combate e as medidas profiláticas adotadas. Dentre as motivações para empreender-se essa pesquisa, estava a necessidade de se entender como um Exército, submetido a condições extremamente desfavoráveis, onde surtos de doenças como a cólera e varíola dizimou ou colocou fora de combate uma parcela considerável de seu efetivo e com sua estrutura organizacional e moral desmanteladas, foi capaz de se superar e partir para sucessivas vitórias, após um período relativamente curto da implementação de medidas reestruturantes, introduzidas por Caxias. Nesse contexto, a pesquisa realizada poderá ampliar as formulações teóricas existentes sobre o tema, na medida em que analisa uma faceta pouco explorada, contudo, determinante para o desenvolvimento das ações militares, tratando do bem mais precioso de qualquer Exército: os seus integrantes. Diante disso, julgo que o tema investigado reveste-se de importância não só para quem o abordará, mas servirá para que pessoas, interessadas no tema ou assuntos a ele relacionados, tenham mais informações sobre uma parte importante e pouco conhecida da Guerra mais sangrenta já realizada no subcontinente americano do sul.
Abstract The present study aims to understand how the medical support of Brazilian Army was structured and performed during the Paraguay War, particularly, in the Imperial Army after Caxias take the lead of the allied troops, which minimized the logistics problems and ensured the health of the troop for continuation of the mission. This was a determinant factor to the following victories that occurred despite of the difficulties to recruitment of soldiers destined to substitute the casualties. The focus of this study was restricted to the organization and performance of health support, trying to understanding how many health installations were organized, how they were structured and where the hospitals and the infirmaries were located in the battlefield; how were performed the medical evacuations and the medical care; which were the most common occurrences; how the health professionals were recruited; which diseases most resulted in death; and the preventive measures taken. Among the motivations to write about this subject, it was the necessity to understand how an army that was submitted to extremely unfavorable conditions, where epidemies of cholera and smallpox killed or disabled a great part of soldiers and, despite of their moral and organizational structure destroyed, was capable to assume that and proceed to the victory, after a short period of restructuring made by Caxias. In this context, this study can increase the already existing theoretical formulations about this theme, insofar as this analyzes a not enough explored aspect, however, determinant to the development of the military actions, referring to the most value component of any army: theirs soldiers. On this, I believe that this study may be important, not only for who will address this theme, but also for those who are interested in this area, and it will be useful to increase the information about an important part, but not enough known, of the most bleeding war performed at the south American subcontinent.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/165110
Arquivos Descrição Formato
001044742.pdf (4.571Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.