Repositório Digital

A- A A+

Avaliação da raiz mesiovestibular de primeiros molares superiores para detecção do canal mesiopalatino com o uso da tomografia computadorizada de feixe cônico

.

Avaliação da raiz mesiovestibular de primeiros molares superiores para detecção do canal mesiopalatino com o uso da tomografia computadorizada de feixe cônico

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação da raiz mesiovestibular de primeiros molares superiores para detecção do canal mesiopalatino com o uso da tomografia computadorizada de feixe cônico
Autor Fontana, Mathias Pante
Orientador Silveira, Heloísa Emília Dias da
Data 2017
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Odontologia. Programa de Pós-Graduação em Odontologia.
Assunto Canais radiculares
Dente molar
Tomografia computadorizada
[en] CBCT
[en] Cone-beam Computed Tomography
[en] Molars
[en] Root Canal
Resumo Os molares superiores são um dos grupos dentários que mais recebem tratamentos endodônticos e apresentam grande complexidade anatômica nos seus sistemas de canais radiculares. A presença de um canal mesiopalatino (MP) na raiz mesiovestibular é um achado bastante comum e a sua não detecção está relacionada com um alto índice de insucessos na terapia endodôntica. Recentemente, a tomografia computadorizada de feixe cônico (TCFC) vem ganhando destaque na avaliação do canal MP pela sua capacidade de fornecer informações detalhadas e em três dimensões, sendo considerada o melhor método de imagem para essa investigação in vivo. Desta forma, o objetivo desta tese foi pesquisar a prevalência e simetria do número de canais da raiz mesiovestibular em primeiros molares superiores homólogos, por meio da TCFC, assim como, analisar o uso dos filtros de refinamento de imagem para esta investigação. Para o primeiro objetivo, desenvolveu-se uma pesquisa com 264 pacientes possuindo o primeiro molar superior bilateralmente. Foi encontrada simetria em 78,79% dos pacientes, sendo que o canal MP esteve presente bilateralmente em 67,42%. Do total de 528 dentes avaliados, 78% apresentaram o canal MP não havendo correlação da sua presença com sexo e faixa etária (p > 0,05). Para o segundo objetivo, 30 exames de TCFC foram avaliados com cinco diferentes filtros (Original, Smooth, Sharpen, Sharpen Mild, Angio Sharpen Low e Angio Sharpen High) além das imagens originais (sem filtro). Todos os filtros apresentaram altos índices de acurácia (> 83,3%), sensibilidade (> 90%) e especificidade (> 62%), sem diferença estatística (p > 0,05). Entretanto, quando o nível de certeza foi avaliado, os filtros Angio Sharpen High e Sharpen apresentaram os piores resultados, com diferença significativa para as imagens Originais (p <0,05). Os resultados das pesquisas conduzidas permitem concluir que o canal MP é uma condição altamente prevalente e a sua simetria bilateral é frequente. O emprego de filtros de imagem da TCFC não influenciou a detecção do canal MP, entretanto os filtros de maior realce devem ser evitados pois reduzem a certeza do diagnóstico.
Abstract The upper molars are the dental group that most receives endodontic treatments and presents great anatomical complexity of their root canal systems. The presence of a second mesiobuccal canal (MB2) is a common finding and its non-detection is related to a high failure rate in endodontic therapy. Recently, cone-beam computed tomography (CBCT) has been highlighted in the MB2 evaluation for its ability to provide detailed and three-dimensional information, and is considered the best imaging method for such investigation in vivo. Thus, the aim of this thesis was to investigate the prevalence and symmetry of the root canal numbers from the mesiobuccal root of first homologous upper molars, as well as to evaluate the use of CBCT image filters for that purpose. For the first objective, a research was developed with 264 patients having the first upper molar bilaterally. Symmetry was found in 78.79% patients, and the MB2 was bilaterally present in 67.42%. Out the total of 528 teeth evaluated, 78% presented the MB2, with no correlation with sex and age group (p > 0.05). For the second objective, 30 CBCT scans were evaluated with five different filters (Original, Smooth, Sharpen, Sharpen Mild, Angio Sharpen Low and Angio Sharpen High) in addition to the original images (none filter). All filters presented high levels of accuracy (> 83.3%), sensitivity (> 90%) and specificity (> 62%), with no statistical difference (p > 0.05). However, when the level of certainty was evaluated, Angio Sharpen High and Sharpen filters presented the worst results, with significant difference for Original images (p < 0.05). The results of the conducted studies allow us to conclude that the MB2 is a highly prevalent condition and its bilateral simmetry is frequent. The use of CBCT image filters did not influence the MB2 detection, however higher enhancement filters should be avoided because they reduce the certainty of the diagnosis.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/165134
Arquivos Descrição Formato
001026650.pdf (813.5Kb) Texto parcial Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.