Repositório Digital

A- A A+

Processos de significação no design : proposta de intervenção para disciplinas de Semiótica em cursos de graduação em design no Brasil

.

Processos de significação no design : proposta de intervenção para disciplinas de Semiótica em cursos de graduação em design no Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Processos de significação no design : proposta de intervenção para disciplinas de Semiótica em cursos de graduação em design no Brasil
Outro título Signification processes in design: intervention proposal for Semiotics disciplines of undergraduate design courses in Brazilian higher education institutions
Autor Cardoso, Cilene Estol
Orientador Pacheco, Joyson Luiz
Data 2017
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Faculdade de Arquitetura. Programa de Pós-Graduação em Design.
Assunto Design
Ensino e aprendizagem
Semiótica
[en] Design
[en] Semantics
[en] Semiotics
[en] Teaching-learning
Resumo A presente pesquisa tem como objetivo investigar a área que circunscreve os processos de significação no design, a fim de desenvolver uma proposta de intervenção pedagógica que possa ser adotada em disciplinas de Semiótica de cursos de graduação em design de instituições de ensino superior brasileiras - de modo a capacitar os discentes em suas habilidades e competências relacionadas aos processos de análise e construção de significação no design, em suas dimensões metodológicas e epistemológicas. Para tanto, realizou-se uma extensa e profunda revisão bibliográfica, que consiste em um levantamento organizado das duas principais teorias semióticas (Peirceana e Saussureana) que podem auxiliar a teoria do design, assim como um levantamento ordenado dos principais estudos já realizados na área do design em relação à dimensão semântica, em especial: três abordagens que foram desenvolvidas a partir das décadas de 1970 e 80: Offenbach - Linguagem do Produto, Semântica do Produto, e Semiótica do Design. Após o desenvolvimento da fundamentação teórica, este estudo também realizou e apresentou uma consistente pesquisa de campo (qualitativa e quantitativa). Assim como a investigação teórica, a pesquisa de campo também contribuiu como alicerce da proposta de intervenção. A integração da pesquisa qualitativa (realizada com 28 docentes que ministram disciplinas de Semiótica, Projeto ou Metodologia de Projeto de oito cursos de design de universidades brasileiras) com a pesquisa quantitativa (realizada com 90 discentes dessas oito universidades) demonstrou diferentes fenômenos e problemas que envolvem a qualificação de alunos de design quanto ao estudo dos processos de significação. Com base na fundamentação teórica e na pesquisa de campo, desenvolveu-se, a partir da metodologia ADDIE (normalmente aplicada ao design instrucional) e suas cinco fases – (1ª) análise, (2ª) design, (3ª) desenvolvimento, (4ª) implementação e (5ª) avaliação –, a proposta de intervenção para disciplinas de Semiótica de cursos de graduação em design de instituições de ensino superior brasileiras. Durante a fase analítica dos dados, buscou-se sintetizar os objetivos da intervenção em três: (1) desenvolver no aluno a habilidade de compreender os processos de significação no design, a partir do conceito de “ação de signos”; (2) desenvolver no aluno a habilidade de analisar signos; (3) desenvolver no aluno a habilidade de produzir signos. Para cada um dos três objetivos projetou-se uma atividade. Essas três atividades tiveram como principal fundamentação teórica o conceito semiótico de signo de Charles Sanders Peirce, a partir das contribuições de Charles Morris, e suas dimensões sintática, semântica e pragmática. As três atividades foram projetadas para sua realização em um semestre letivo, em disciplinas de Semiótica com aproximadamente 4 créditos semanais. Para todas elas desenvolveu-se materiais didáticos. Dentre esses materiais didáticos estão 3 apostilas, referentes a cada uma das 3 atividades, e nas quais estão apresentados de modo simples os principais fundamentos da semiótica que podem auxiliar designers no desenvolvimento de suas habilidades de analisar e produzir signos. Como a intervenção enfatiza a análise e a produção de signos, nas apostilas 2 e 3 apresenta-se também dois métodos, um de análise e outro de produção de signos integrados a diversos recursos oriundos da semiótica. O objetivo último em propor os dois métodos não foi somente metodológico, foi desenvolver no aluno, a partir da sua experiência prática metodológica, uma consciência crítica sobre o seu próprio processo de design em relação aos processos de significação, isto é, uma consciência epistemológica que amplia a sua capacidade de enxergar o projeto e de poder realimentá-lo constantemente. Depois de desenvolvida, a intervenção proposta foi implementada, durante o período de um semestre letivo, em dois cursos de graduação de design no Brasil. Por fim, após as duas implementações, avaliou-se criticamente a proposta de intervenção e realizou-se inferências acerca da pesquisa de modo integral.
Abstract The purpose of this study is to investigate the area encompassing the signification processes in design in order to propose a pedagogical intervention that can be adopted in Semiotics disciplines of undergraduate design courses in Brazilian higher education institutions so as to enable students to develop their skills and competences related to the processes of meaning analysis and building in design, in both methodological and epistemological aspects. To this end, an extensive and comprehensive literature review was carried out, consisting of an organized survey of the two main semiotic theories (Peircean and Saussurean) which can contribute to design theory, as well as an orderly survey of the main studies that have been carried out in the area of design regarding the semantic dimension, in particular: three approaches that were developed from the 1970s and 1980s: Offenbach - Product Language, Product Semantics, and Design Semiotics. Following the development of the theoretical framework, this study also performed and presented a consistent field research (qualitative and quantitative). Like the theoretical research, the field research also served as a foundation stone for the intervention proposal. Integrating qualitative research (carried out with 28 professors who teach Semiotics, Project or Project Methodology in eight design courses of Brazilian universities) and quantitative research (carried out with 90 students from these eight universities) showed different phenomena and problems involving the qualification of design students regarding the study of signification processes. Based on the theoretical framework and field research and following the ADDIE model (usually applied to instructional design) and its five phases – (1) Analysis, (2) Design, (3) Development, (4) Implementation and (5) Evaluation –, the intervention proposal was developed for Semiotics disciplines of undergraduate design courses in Brazilian higher education institutions. During the analytical phase of the data, we tried to encapsulate the objectives of the intervention in three goals: (1) have students develop the ability to understand the processes of signification in design based on the concept of "action of signs"; (2) have students develop the ability to analyze signs; (3) have students develop the ability to produce signs. A specific activity was designed for each of the three goals. These three activities were theoretically grounded on Charles Sanders Peirce's semiotic concept of sign, with the contributions by Charles Morris and his syntactics, semantics and pragmatics dimensions. The three activities were designed to be carried out throughout a school semester, in semiotics disciplines of approximately 4 credits per week. Teaching material was developed for all three activities. It includes: 3 handouts, one for each activity, presenting in simple language the core fundamentals of semiotics that can help designers develop their skills to analyze and produce signs. As the intervention focuses on sign analysis and production, handouts two and three also describe two methods, one for sign analysis and another for sign production, integrated into several resources from semiotics. The ultimate goal in proposing these two methods was not only methodological, but also to have students develop, based on their practical and methodological experience, a critical awareness of their own design process in relation to the processes of signification, that is, an epistemological awareness that amplifies their ability to see the project and constantly feed it. After being developed, the proposed intervention was implemented, during the period of one school semester, in two undergraduate design courses in Brazil. Finally, after implementation, the intervention proposal was critically evaluated and inferences were made about the research as a whole.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/165136
Arquivos Descrição Formato
001044771.pdf (60.73Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.