Repositório Digital

A- A A+

Avaliação da probabilidade de riscos de lesões na cabeça e pescoço em passageiros de aviões com relação à distância entre assentos no caso de colisão com o solo

.

Avaliação da probabilidade de riscos de lesões na cabeça e pescoço em passageiros de aviões com relação à distância entre assentos no caso de colisão com o solo

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação da probabilidade de riscos de lesões na cabeça e pescoço em passageiros de aviões com relação à distância entre assentos no caso de colisão com o solo
Outro título Evaluation of the likelihood of the injuries severity in the head and neck to passengers with respect to the pitch in case of collision with the ground
Autor Mazzotti, Kaio Lucas
Orientador Marczak, Rogerio Jose
Data 2017
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Mecânica.
Assunto Engenharia mecânica
[en] Aircraft safety
[en] Dynamic simulation
[en] Impact
[en] Likelihood of injuries severity
[en] Passenger safety
Resumo O presente trabalho consiste em avaliar a probabilidade da severidade de lesão na cabeça e pescoço de passageiros de aviões em relação a distância entre poltronas, em casos de acidente. São feitas simulações do impacto de um dummy contra a poltrona a sua frente, a fim de obter acelerações e forças atuando na cabeça e pescoço. Estas servem como parâmetros de entrada para a avaliação da severidade de lesões por meio da escala abreviada de lesões (AIS – Abbreviated Injury Scale). Para o critério de lesões na cabeça, usa-se o critério de lesões de cabeça (HIC - Head Injury Criteria), que consiste em medir o potencial de lesão na cabeça, resultante da aplicação de acelerações lineares. Para o pescoço, utiliza-se forças e momentos críticos como parâmetros para indicar se o acidente será grave ou não. São avaliados três casos de distâncias entre bancos para uma determinada aceleração de impacto, a fim de determinar se a distância modifica ou não a probabilidade da severidade das lesões. Com o presente estudo, conclui-se que para distâncias maiores entre bancos a probabilidade de lesões diminui quando avaliado o HIC. Para lesões no pescoço, avalia-se que a distância entre bancos é indiferente a severidade das lesões, todas elas seriam graves.
Abstract The present report aims at evaluating the likelihood of the severity of head and neck injuries of airplane passengers with respect to the distance between seats, namely pitch distance, in cases of accidents. Impact simulations of a dummy against the seat are developed in order to obtain accelerations and forces acting at the head and neck. These are used to the evaluation of the severity of injuries, using the Abbreviated Injury Scale (AIS). The criterion for head injuries is defined by the Head Injury Criteria (HIC), which consists in estimating the head injury potential resultant from linear accelerations. For the neck, critical forces and bending moments are assessed, so as to determine if the accident will be severe or not. Three pitch values are considered, along with a pattern of acceleration of an airplane crash, in order to evaluate if the pitch distance has an influence on the likelihood of injuries severity. The results suggest that the larger the pitch distance, the smaller is the HIC and thus the likelihood of injuries severity. For the neck injuries, it is evaluated that the distance is unrelated to the severity: all injuries are severe.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/165171
Arquivos Descrição Formato
001044567.pdf (1.054Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.