Repositório Digital

A- A A+

Porto Alegre cantada: a representação da cidade de Porto Alegre na música

.

Porto Alegre cantada: a representação da cidade de Porto Alegre na música

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Porto Alegre cantada: a representação da cidade de Porto Alegre na música
Autor Stoll, Carlos Felipe Christmann
Orientador Heidrich, Álvaro Luiz
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Curso de Geografia: Bacharelado.
Assunto Geografia cultural
Porto Alegre (RS)
Signos
[en] Cultural geography
[en] Cultural products
[en] Lived world
[en] Signs
[en] Statements
[en] Urban elements
Resumo A música na geografia mostra-se com certo destaque em termos de estudos culturais e já é um caminho estudado por autores da geografia cultural. Este trabalho apresentará as representações do ambiente urbano da cidade de Porto Alegre – Rio Grande do Sul (RS), na música. Utilizando a música como produto cultural busca-se identificar o que, sobre o meio urbano é falado nas canções, e como podem ser compreendidas e estudadas as relações entre a sociedade e seu espaço. Como objetivo deste trabalho está o reconhecimento dos elementos urbanos e aspectos culturais da cidade supracitada e como são representados através das canções. Entende-se que a partir da forma da cidade, os habitantes desenvolvem mapas mentais, que servem num primeiro instante para orientar-se e ainda atribuir valor a artefatos e elementos culturais. Para isso monta-se um acervo musical afim de identificar os pontos da cidade aos quais os artistas se referem em suas canções e o que dizem a respeito desses espaços. Evidenciando a temática das letras, através do estudo da linguagem cantada, pode-se saber como os indivíduo interagem com o meio. mostrando como é seu mundo vivido. Através da canção o músico representa seu mundo, seu espaço. É constatado, com a construção de gráficos e mapas das representações, que o há gêneros musicais que preferem tratar determinadas temáticas, determinados pontos da cidade com seus artefatos urbanos e também aspectos culturais específicos. Percebe-se, portanto, que a música é um caminho de estudo para a geografia que não pode ser desconsiderado por trazer uma infinidade de representações sobre um determinado espaço e sua sociedade. A canção é então um elemento cultural geográfico que permite fazer associações entre o meio e a maneira em que nele interagem diferentes grupos de diversas culturas.
Abstract Music shows up with emphasis in terms of cultural studies and it is already a kind of way for cultural geographers to study. This work describes the representations in the urban environment of Porto Alegre – Rio Grande do Sul (RS) that it’s possible to find in songs. Working with music as a cultural product, it is interpreted what about the urban environment can be found in the music lyrics content, and the way it is possible to study and comprehend the relations between society and its ambient. The objective of this work is to recognize de urban elements and cultural aspects of the aforementioned town and how it is represented through the songs. It’s understood that the population creates mental mapping based on the city form (LYNCH, 1960; KOZEL, 2007) that are used for guidance and to assign value to artifacts and cultural elements. For that it is made a music collection in order to identify parts of the city to which artists relate in their songs and what they say about these spaces. Bringing out the themes of the lyrics, studying the sung language, it’s possible to discover how the individuals interact with their environment, and how is their lived world. The musicians represent his world, his space with their music. It is noted, through the construction of graphics and maps of space representations that there are musical genres that prefer to treat certain themes, certain parts of the city with his urban objects and also specific cultures. It is clear, therefore, that the music is a way for geography studies that cannot be disregarded because it brings a multitude of representations about the space and its population. So, the songs are cultural-geographic which allows associations between the environment and the way in which interacts different groups of diverse cultures.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/165235
Arquivos Descrição Formato
001045212.pdf (2.879Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.